Estagiário é ‘demitido’ por espalhar Fake News sobre coronavírus em SC 

Caso foi divulgado pelo Ministério Público de SC nesta semana em Xanxerê, no Oeste do Estado

Um estagiário da Prefeitura de Xanxerê, no Oeste do Estado, teve o termo de estágio encerrado depois de espalhar notícias falsas sobre casos do novo coronavírus no município. A decisão foi divulgada na última terça-feira (5) pelo MP-SC (Ministério Público de Santa Catarina).

– Foto: Willian Ricardo/ND– Foto: Willian Ricardo/ND

O Promotor de Justiça de Xanxerê, Marcos Augusto Brandalise, disse que o rapaz teve acesso a um relatório da Defesa Civil do Estado, onde constava a informação de 23 casos de coronavírus na Secretaria Regional da Defesa Civil, que inclui sete municípios. 

Por meio do WhatsApp, o rapaz divulgou que os dados eram apenas de Xanxerê, o que causou um alvoroço nos moradores do município de 50 mil habitantes.  

Brandalise também detalhou as medidas que estão sendo adotadas sobre publicações e compartilhamento de notícias falsas. O promotor ressaltou que informações colhidas ao acaso não podem ser publicadas como verdadeiras. 

Leia também:

“É crime espalhar mentiras sobre pandemia e vamos investigar todos os casos, pois não é hora de achismo, essas pessoas serão responsabilizadas pelas notícias que compartilham”, salientou. 

O Delegado Regional de Xanxerê, Adilson Bressan, ressaltou que a difusão de notícias falsas pode acarretar em processos tanto para quem publica como para quem compartilha, podendo levar a oito anos de reclusão. 

“A Polícia Civil consegue rastrear a pessoa que publicou ou compartilhou a Fake News, e assim utilizar os meios necessários para conter quem está disseminando notícias falsas”, concluiu. 

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Justiça

Loading...