Homem que incendiou salão de beleza da ex-esposa é condenado em Fraiburgo

Crime ocorreu em dezembro de 2019 no Meio-Oeste do Estado

Um homem foi condenado a sete anos e um mês de prisão, em regime inicial semiaberto, por ter incendiado uma sala comercial no térreo de um prédio residencial de 10 pavimentos. Na sentença foi mantida a prisão preventiva do réu, decretada após recurso da 1ª Promotoria de Justiça de Fraiburgo. 

O crime aconteceu na madrugada de 28 de dezembro de 2018 em Fraiburgo, por conta do inconformismo do réu com a separação da ex-companheira após 13 anos de relacionamento. 

Segundo apurou o inquérito policial, o homem arrombou a porta do salão de beleza da vítima, inutilizou uma câmera de vídeo, iniciou quatro focos de incêndio e saiu em seguida. O prejuízo causado foi estimado em R$ 80 mil.

Leia também:

Em depoimento, a vítima disse que o homem já havia ameaçado incendiar sua casa e o salão de beleza e ela havia obtido, inclusive, uma medida protetiva contra o réu. Porém ela mesma, a pedido do ex-companheiro e da família, pediu a revogação da proteção que Justiça havia lhe concedido.

Diante das provas apresentadas na ação e colhidas na instrução do processo, o Juízo da 2ª Vara da Comarca julgou a ação penal procedente. A decisão é passível de recurso.

+

Justiça