Três detentos e um agente do Presídio de Biguaçu são diagnosticados com Covid-19

Primeiro diagnosticado foi levado ao hospital no dia 25 de maio e apresentou quadro de broncopneumonia

O Presídio Regional de Biguaçu, na Grande Florianópolis, já registra quatro casos de coronavírus. Dos pacientes, três são internos e um é agente prisional que trabalha na unidade. A informação foi confirmada pela SAP (Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa) na noite desta quarta-feira (3). 

Presídio de Biguaçu tem quatro casos de contaminação pelo novo coronavírus – Divulgação/NDPresídio de Biguaçu tem quatro casos de contaminação pelo novo coronavírus – Divulgação/ND

No dia 25 de maio o primeiro detento começou a sentir os primeiros sintomas similares ao novo vírus e foi conduzido ao hospital da cidade. Lá, ele foi diagnosticado com broncopneumonia, medicado e encaminhado novamente ao presídio. 

Dois dias depois, de acordo com um funcionário que atua no local e pediu para não ser identificado, o detento não apresentou melhora e o médico da unidade solicitou o exame para a Covid-19. No último domingo (30), o resultado do teste confirmou o diagnóstico do vírus.

No início da semana, funcionários e internos da unidade foram submetidos ao teste. Já na segunda-feira (1º), um outro preso foi constatado com a Covid-19.

“Como aqui a unidade é muito velha, não tem um local adequado para fazer o isolamento deles. Aí foi feito um contato com o Judiciário, que deu prisão domiciliar para os dois”, contou o funcionário à reportagem do nd+.

Nesta quarta-feira (30), 14 detentos e 13 funcionários realizaram novos testes. No fim da tarde, o agente prisional e o terceiro interno tiveram resultado positivo para o vírus.

O detento também cumpre prisão domiciliar. Já o funcionário está isolado em casa e será monitorado pela secretaria municipal de saúde. 

Leia também:

Segundo a SAP, ao longo da semana outros servidores devem passar pela mesma triagem. Quatro presos estão isolados em uma cela e apresentam sintomas da doença. 

A unidade é uma das 51 estruturas prisionais do Estado e está interditada por determinação judicial. O local tinha autorização para receber apenas 80 detentos, mas desde o início da pandemia opera com 69 internos. 

Veja a íntegra da SAP:

No Presídio de Biguaçu foram detectados nos últimos três dias 4 casos, sendo: 3 presos, que já estão em prisão domiciliar e 1 servidor que testou positivo e está em quarentena. A SAP informa que continua realizando a testagem dos demais internos em parceria com o setor de saúde do município.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Justiça