Eleições definem quem são os três novos membros da Academia Joinvilense de Letras

Nelci Terezinha Seibel, Marcelo Harger e Wilson Gelbcke são os novos imortais de Joinville

Carlos Junior/ND

Reunidos na tarde de quarta, sete acadêmicos definiram por meio do voto os nomes dos três novos ocupantes das cadeiras que eram de Manoel Deodoro de Carvalho, Odjalma Costa e Monsenhor Sebastião Scarzello, já falecidos

Três novos membros da AJL (Academia Joinvilense de Letras) foram eleitos na tarde de quarta (18) em assembleia geral da entidade realizada na Sociedade Harmonia-Lyra. Nelci Terezinha Seibel, com cinco votos, Marcelo Harger, também com cinco votos, e Wilson Gelbcke, com seis votos, vão ocupar as cadeiras que eram, respectivamente, dos acadêmicos Manoel Deodoro de Carvalho, Odjalma Costa e Monsenhor Sebastião Scarzello, já falecidos. Sete candidatos disputavam as três vagas em aberto. A escolha contou com sete votantes.

“O resultado me deixou muito satisfeito, até porque me surpreendeu a forma como foi votado. A escolha foi por maioria simples, mas tendo em vista a importância dos eleitos”, comentou Carlos Adauto Vieira, presidente da AJL, destacando que a entidade estará muito bem representada com os novos nomes. “São escritores com obras de importância, cada um no seu ramo”, observou. O encontro de também marcou o início das ações da entidade para este ano.

Os novos imortais da academia serão empossados em cerimônia ainda a ser agendada. A academia pretende chamar parentes dos antigos acadêmicos cujas cadeiras terão agora nova titularidade como uma forma de homenagem. Os novos eleitos serão recebidos no grupo também de maneira especial, tendo como “padrinho” um dos membros da academia. “Cada candidato eleito será recepcionado por um acadêmico”, informou Paulo Roberto da Silva, secretário da AJL.

Essa foi a primeira eleição para preencher 29 cadeiras vacantes entre as 40 da academia. Ao longo do ano, novos editais devem ser lançados para a entidade receber novas inscrições. De acordo com Adauto, o próximo edital é previsto em dois meses, para preenchimento de quatro vagas que eram de Josette Maria Schwoelk Fontán, Hans Bachl, Arnaldo S. Thiago e Raul de Oliveira Fagundes. “Estamos num processo de reestruturação. Na prática, estamos começando do zero”, avaliou Adauto, sobre os trabalhos quem vem sendo feito desde a retomada das atividades, em 2013.

Candidatos eleitos:

Divulgação/ND

Nelci Terezinha Seibel (ocupa vaga de Manoel Deodoro de Carvalho)

Natural de Bom Princípio (RS), é jornalista formada pela Unisinos (Universidade Vale do Rio dos Sinos – São Leopoldo-RS). Com experiências nas áreas de relações públicas, pesquisa, editorial e comunicação, é autora dos livros “São Francisco do Sul 500 Anos – Construções Históricas” e “História do Porto de São Francisco do Sul”, entre outros trabalhos.

Divulgação/ND

Marcelo Harger (ocupa vaga de Odjalma Costa)

Graduado em Direito pela UFPR (Universidade Federal do Paraná) e doutor em Direito pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), atua como advogado em Joinville. Autor dos livros “Princípios Constitucionais do Processo Administrativo e Consórcios Públicos, entre dezenas de artigos científicos e obras em coautoria.

Fabrício Porto/Arquivo/ND

Wilson Gelbcke (ocupa vaga de Sebastião Scarzello)

Escritor de 82 anos, natural de São Paulo, teve a primeira passagem por Joinville em 1947. Autor de 16 obras publicadas, entre elas o romance “A Máscara de Capelle”, seu primeiro livro. Com experiências profissionais em propaganda, marketing e comunicação corporativa, dedica-se integralmente à literatura e às artes plásticas há cerca de 10 anos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Literatura

Loading...