Feira do Livro é opção cultural para o fim de semana em Joinville

Evento está sendo realizado no Expocentro Edmundo Doubrawa

A 11ª Feira do Livro promete ser um sucesso. Crianças, jovens adultos e idosos poderão se deleitar com a extensa programação até o dia 13. Há espaço para literatura, escrita, aperfeiçoamento. Somente de lançamento de obras serão 36, entre elas 15 de autores joinvilenses. “O desafio de uma feira é sempre ter uma programação atraente porque é ela que aproxima as pessoas dos livros e da leitura”, avalia a organizadora Sueli Brandão.

Gisela Müller/ND

Alunos da escola Osvaldo Cabral visitaram a feira na abertura

“É uma oportunidade única para a cidade e para as pessoas encontrarem autores reconhecidos”, diz a curadora Maria Antonieta da Cunha. Ela faz referência aos grandes nomes que participam do evento: Ana Maria Machado; Pedro Bandeira; Léo Cunha; Silvio de Abreu; José Roberto Torero; Ricardo Azevedo; Chico dos Bonecos; Stella Maris Rezende, entre outros. Para ver os escritores já há confirmação de grupos vindos das cidades de Criciúma, Indaial, Pomerode e Rio do Sul.

Outro diferencial desta edição é maior número de empresários como apoiadores. A Britânia manteve o patrocínio, mas entraram para o grupo as empresas Tigre, Ciser e Döhler. Foram captados 289 mil reais junto à Lei Rouanet.

Faturamento de 20% a mais

Nem aberto estava o Expocentro Edmundo Doubrawa nesta sexta (4) e já havia pessoas circulando pelos estandes e adquirindo livros. Os expositores esperam faturar mais do que em 2013. A La Fontaine, de Lages, participa pelo terceiro ano; na edição passada o faturamento foi de R$ 80 mil. “Neste ano queremos vender 20% a mais”, disse o proprietário Sérgio Freitas Junior.

E se depender de leitoras como a educadora Solange Terezinha Tomaz o faturamento está garantido. Ela e a filha Francine Tomaz compraram 30 livros de uma só vez. Infantis para as crianças da família e romances para viajar com as histórias. “Agora vou procurar os de literatura especializada”, disse Francine que trabalha no setor de produção industrial. De acordo com a organização do evento, no ano de 2013 foram comercializados 160 mil exemplares.

Outro expositor veio de São Paulo pela primeira vez. Na bagagem, 10 mil exemplares de livros para serem comercializados nos dez dias de evento. Ao menos é o desejo de Valdir Basques, da Basques Distribuidora. No total há 40 expositores vindos de todos os cantos do país. Neste ano o diferencial é a presença de editoras.

Programação para todos os gostos

No sábado a programação reúne lançamento de livros, palestras, maratona de contos e encenações artísticas. Entre as obras para o público se deleitar “O vento que me voa”, escrito pelo joinvilense Jura Aruda. Um papagaio com uma asa quebrada consegue encontrar uma maneira de voar. A obra infantil tem ilustrações do mineiro José Elias. É inspirada em um passeio no litoral – quando presenciou a cena do pássaro. “O que vi além da imagem era um papagaio deixando-se voar pelo vento que lhe batia e agitava as penas”, conta. Será às 10h, no palco da feira.

Outro momento importante da feira neste dia é o bate-papo com a escritora mineira Paula Pimenta, às 14h. Ela é conhecida internacionalmente pela série “Fazendo meu filme”, lançada pela primeira vez em 2008, tronou-se um best-seller. A jornalista tem outras cinco obras lançadas e participação em uma coletânea. Quem também vai movimentar a programação é o escritor Maurício Garcia, de Lages, com abordagem sobre a edição e publicação de livros sem investimento próprio. O jornalista José Roberto Torero deve reunir o maior número de pessoas quando resgata as memórias literárias, na noite deste sábado. Com aproximadamente 30 livros publicados ele acumula um Prêmio Jabuti e assina uma coluna esportiva na Folha de S. Paulo.

Já para domingo o documentário “Rascunhos da Cidade”, de Jura Aruda, ai discutir. Será no Teatro Juarez Machado, às 10h. Uma coletânea de 12 vídeos com depoimentos de escritores joinvilenses membros da Confraria das Leras. O projeto resgata a história da literatura no município e suas ligações com a arte, política e a sociedade. Durante a tarde o ator Luis Salem promete tirar gargalhadas do público na tarde de domingo quando faz um show humorístico. Depois ele lança seu livro “Salem da imaginação” e atende ao público. A noite encerra com palestra sobre a Logosofia.

Na segunda-feira pela manhã e á tarde um fenômeno de apenas 13 anos deverá lotar o Teatro Juarez Machado. Algacir Santos Junior, de Cascavel é considerado o palestrante mais novo do Brasil. Frequentador do nono ano do ensino fundamental é superdotado, já falou para público de universidades e educadores. O seu conhecimento profundo é sobre a história o Egito antigo, embora nunca tenha visitado o país africano é o mais novo escritor sobre o tema em todo mundo. Em Joinville, ele fará duas palestras concorridas sobre “O incentivo e a importância da leitura”. A noite encerra com o debate sobre a “A Criação Literária e a produção editorial no Brasil”.

Programação da Feira do Livro

Sábado (5)

9h – abertura da feira

9h às 12h – oficina “Princípios da Linguagem do Teatro de Animação”, no Baú de Histórias Sesc

9h30 – maratona de 15h – maratona de Contos Sesc, “Contando Histórias”; no espaço imaginação

10h às 12H – Teatro Lambe-Lambe, no jardim da feira

10h – lançamento do livro “O vento que me voa”, de Jura Aruda, no palco da feira

10h – lançamento do livro “Contos do poente”, di Rita Paschoalim, no palco da feira

11h30 – lançamento do livro “Do caos – a depressão em fragmentos”, de Pablo Pereira

14h – encontro com a autora Paula Pimenta, no palco da feira

15h – maratona de Contos Sesc, no espaço imaginação

15h30 – palestra “Publique seu livro sem investir capital próprio”, com Maurício Garcia, no auditório da feira

15h30 – lançamento do livro – “Esquizo”, de Maurício Garcia, no auditório da feira

16h às 18h – Teatro Lambe-Lambe, no jardim da feira

16h – lançamento o livro “Expectativas”, de Priscila Andreza, no palco da feira

16h30 – lançamento do livro “Por enquanto adeus”, de Janda Montenegro, no palco da feira

17h – lançamento do livro “Os dois lados da Moema”, de Roni Schiochet, no estande da Giostri

17h30 – palestra sobre diabetes, com Roni Schiochet, no palco da feira

18h – lançamento do livro “Alma de poeta”, de Rubens Daniel, no palco da feira

19h – pocket show e lançamento do livro “Refinamento e Loucura”, de Cláudia Alencar, no palco da feira

19h30 – memórias literárias, com José Roberto Torero, no auditório da feira

21h – encerramento

Domingo (6)

10h – abertura da feira

10h – lançamento do livro “Motorista comprometido”, de José Rovani Kurz, no palco da feira

10h30 – maratona de Contos Sesc, no espaço imaginação

10h30 – lançamento do projeto “Rascunhos da cidade”, de Jura Aruda, no Teatro Juarez Machado

10h30 – lançamento do livro “Contação de Histórias Infantis”, de Chacal Teodoro, no estande da Giostri

11h – dança Joinville, no palco da feira

11h – bate-papo e sessão de autógrafos com José Roberto Torero, no auditório da feira

14h – lançamento do livro “O lado oeste da colina”, de Junior Franco, no palco da feira

14h30 – lançamento do livro “Caminhos diversos”, de Bernadete Michelato, no palco da feira

15h – maratona de Contos Sesc, no Teatro Juarez Machado

15h – lançamento do livro “Contação de Histórias Infantis”, de Chacal Teodoro, no estande da Giostri

15h30 – lançamento do livro “Sangbook Criola”, de Ana Paula da Silva, no palco da feira

17h – pocket show “Gozado e Salem da imaginação”, com Luis Salem, no palco da feira

17h30 – lançamento do livro “Salem da imaginação”, de Luiz Salem, no estande da Giostri

18h30 – palestra “A Logosofia”, no auditório da feira

18h30 – lançamento do livro “trovas ao vento”, de Afonso Rocha, no palco da feira

20h – encerramento

Segunda (7)

9h – abertura da feira

9h – apresentação programa Dançando na Escola, no palco da feira

9h – 9h30 – 10h – 10h30 – sessão de cinema, na sala de cinema

9h30 – palestra “O incentivo e a importância da leitura”, de Algacir Santos Junior, no Teatro Juarez Machado

10h – maratona de Contos Sesc, no espaço imaginação

10h – apresentação “Contos em Cantos”, no palco da feira

12h30 – exibição do documentário “Rascunhos da Cidade, na sala de cinema

14h – apresentação do programa Dançando na Escola, no palco da feira

14h – 14h30 – 15h – 15h30 – sessão de cinema, na sala de cinema

14h30 – maratona de Contos Sesc, no espaço imaginação

15h – palestra “O incentivo e a importância da leitura”, com Algacir Santos Junior, no Teatro Juarez Machado

18h30 – exibição do documentário “Rascunhos da Cidade”, na sala de cinema

19h – palestra “A Criação Literária e a produção editorial no Brasil”, com Vera Maria Tietzmann Silva, no Teatro Juarez Machado

19h15 – lançamento a antologia “Saganossa”, dos escritores da Confraria das Letras, no auditório da feira

19h30 – lançamento do livro “Expectativas”, de Priscila Andrea, no palco da feira

21h – encerramento

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Literatura

Loading...