Moacir Pereira

Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Péricles Prade: “A Cultura continua em terceiro plano”

Intelectual de renome nacional, ex-presidente da Associação Brasileira dos Escritores, catarinense fala da produção literária na pandemia

Escritor premiado no Brasil e no exterior, jurista consagrado, professor de Direito Penal, juiz federal aos 24 anos, poeta e titular da Academia Catarinense de Letras, o mestre Péricles Prade está com novos livros para serem lançados.
Esta semana participou de um Painel Nacional sobre Literatura, virtual, com o editor Benedicto Luz e Silva, e o escritor José Renato Siqueira Junior.

Péricles: um dos mais completos intelectuais de SC e do Brasil – Foto: ArquivoPéricles: um dos mais completos intelectuais de SC e do Brasil – Foto: Arquivo

Quais são estes novos livros anunciados em evento nacional?
São três e de ficção( contos): Hálito de Búfala ( crimes insólitos), Cortejo de Espantos(animais reais e imaginários) e Teia de Prodígios( sobre Vampiros, bruxas e demônios). Todos na linha da Literatura Fantástica. Agora é a fase da necessária revisão.

Como a pandemia tem afetado a literatura catarinense?
De minha parte, como escritor, afetou de forma favorável. Concluí as obras acima indicadas, além de ter lido muito. E no plano da advocacia, duas posturas: home office e respeito ao protocolo sanitário no escritório. No tocante à Literatura, em geral, cada autor viveu a sua experiência.

O que sugere para que a cultura não seja mais prejudicada?
O prejuízo é de duas faces: institucional e pessoal. Institucional porque o foco é debelar a covid-19. Daí que a cultura continua em terceiro plano, com as políticas do setor reduzidas ou cortadas. No âmbito pessoal, são atingidos os produtores culturais de todo gênero. E os desempregados sofrem mais por falta de apoio.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.