Projeto incentiva leitura em escola de Porto Belo

Os quinze minutos voltados ao lanche e às brincadeiras agora são conhecidos como os “Quinze Minutos do Saber”

Eduardo Sancho/ND

Crianças aproveitam o recreio para ter contato com livros e revistas

Porto Belo – A hora do recreio se transformou no momento mais esperado pelos alunos da escola municipal Nair Rebelo Santos, em Porto Belo. Os quinze minutos voltados ao lanche e às brincadeiras agora são conhecidos como os “Quinze Minutos do Saber”. Tudo graças à iniciativa de um professor, que decidiu oferecer livros aos estudantes como forma de incentivar a leitura e as manifestações culturais.

Mal a campainha toca, a turma da leitura corre para os fundos da escola. Lá os professores aproveitaram a sombra das árvores para, mesmo com simplicidade, oferecer um espaço confortável para a leitura de livros infantis e didáticos, jornais e revistas. Segundo o professor José Henke que elaborou a proposta, os primeiros resultados já estão sendo contabilizados. “Quando começamos o projeto tínhamos cerca de quinze alunos. Hoje este número já dobrou e certamente na próxima semana teremos mais e mais leitores”, comemora.

Além de Henke, da disciplina de artes, outras duas professoras, de história e português, atuam como monitoras dos estudantes. Segundo a supervisora escolar Kátia Waltrick da Costa, o projeto já conseguiu a adesão de alunos que até então eram considerados problemas no quesito disciplina. “Estes quinze minutos de leitura já estão refletindo no comportamento e nas notas dos integrantes do projeto”, destaca. “O aluno que participa do projeto hoje não tem a obrigatoriedade de volta amanhã, mas normalmente ele volta, porque por livre e espontânea vontade ele pode escolher uma nova literatura no dia seguinte”, acrescenta Henke.

Para melhorar a qualidade da leitura dos estudantes, a escola espera contar com a ajuda da comunidade para conseguir novos livros e revistas. Doações podem ser feitas pelo telefone (47) 3369-5675.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Literatura