Carreira de Maurren Maggi é marcada por marcas expressivas e títulos

Em quase todas as temporadas em que competiu, brasileira sempre esteve entre as melhores do mundo no salto em distância

Divulgação

Diversos títulos e poucos anos fora do Top-10 do ranking mundial no salto em distância. Esse foi o desempenho de Maurren Maggi nas últimas temporadas. Se 2013 terminou com a marca de apenas 6,21m (não entrou nem entre as 150 melhores do mundo), nos anos anteriores a brasileira pode se orgulhar de marcas expressivas.

Desde 1999, quando atingiu o recorde sul-americano, com 7,26m, a atleta quase sempre figurou entre as principais competidoras em sua prova. Apenas em 2010, 2012 e 2013 não teve uma marca tão significativa. Vale lembrar que em 2004 e 2005 ela não competiu por estar suspensa por doping. Já em 2001, ela atingiu 6,94m, mas a Associação das Federações Internacionais de Atletismo (Iaaf) não tem o raking desta temporada em seu site.

Vale lembrar que em 1999 e 2003, Maurren ficou com a melhor marca do ano. Já em 2008, quando levou a medalha de ouro em Pequim, ele ficou em segundo na temporada.

Confira as melhores marcas de Maurren desde 1996 e sua colocação no ranking da Iaaf:

1996 – 6,47m
1997 – 6,54m
1998 – 6,28m
1999 – 7,26m (melhor marca do mundo)
2000 – 6,93m (10ª melhor marca do mundo)
2001 – 6,94m
2002 – 7,02m (3ª melhor marca do mundo)
2003 – 7,06m (melhor marca do mundo)
2006 – 6,84m (7ª melhor marca do mundo)
2007 – 6,95m (5ª melhor marca do mundo)
2008 – 7,04m (2ª melhor marca do mundo)
2009 – 6,90m (8ª melhor marca do mundo)
2010 – 6,45m (111ª melhor marca do mundo)
2011 – 6,94m (6ª melhor marca do mundo)
2012 – 6,85m (18ª melhor marca do mundo)
2013 – 6,21m (acima das 150 melhores marcas do mundo)

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Mais Esportes

Loading...