Mundo Maria

maria.petrelli@ndtv.com.br Entretenimento, lifestyle, arte e tudo que move o mundo dos influenciadores nas redes sociais.


Conheça a história de Lua Oliveira, top 5 do mundo no mountain bike downhill

Veja a história e curiosidades sobre a primeira brasileira a conquistar o título de campeã pan-americana na modalidade

Hello, Leitores!!! Fiz uma entrevista mais que radical com a atleta Lua Oliveira, primeira brasileira a conquistar o título de campeã pan-americana de mountain bike downhill. Conheça mais sobre a trajetória, as histórias e curiosidades desta atleta de ponta na modalidade!

Confira nessa matéria trajetória e muitas curiosidades sobre Lua Oliveria Lua Oliveira, TOP 5 do mundo na modalidade mountain bike downhill. -Reprodução: Arquivo Pessoal

Mundo Maria – Conta para os leitores do Mundo Maria quem é a Lua?
Lua Oliveira –
Bom vamos pelo começo né, Maria! Me chamo Lua Oliveira, tenho 30 anos e iniciei minha carreira de atleta aos 14. Sou professora de mountain bike há 10 anos. Fui a única atleta brasileira a representar o Brasil mundialmente a partir de 2010 na modalidade mais técnica no mountain bike, o Downhill (descida de montanha). E, agora, continuo minha carreira como atleta Freeride comprometida com o desenvolvimento e continuidade do esporte, uma modalidade que nos eventos eram exclusivamente para homens e hoje abrange o público feminino.

MM – Além do mountain bike Downhill, o que você faz?
LO
Além do mountain bike, eu amo aprender coisas novas e praticar outros esportes ao ar livre como highline (modalidade onde os praticantes caminham sobre o slackline na altura utilizando uma fita de 2,5cm de largura), escalada, acroyoga e cozinhar com as minhas amigas.

MM – De onde veio o seu amor pelo esporte?
LO – A bike sempre me proporcionou muita liberdade pelo fato de me locomover pra todos os lugares. Assim que construíram uma pista de mountain bike próxima a minha casa comecei a me dedicar pela diversão e fui convidada a participar para participar da primeira competição. Desde então tive bons resultados e comecei a receber apoios para continuar. Na época,minha família não tinha condições de me manter no esporte, mas fui recebendo cada vez mais apoiadores e, com isso ,tive a oportunidade de crescer.

MM – Onde você atua hoje em dia, além do que já nos contou previamente?
LO –
Hoje eu dedico bastante do meu tempo à escola Flow Ride, que trás uma metodologia desenvolvida por mim, onde eu compartilho todo conhecimento adquirido nesses anos com a técnica de pilotagem. A Dani, minha sócia, entra com a parte de respiração e movimento, que é fundamental para as pessoas adquirirem mais consciência corporal e, consequentemente, fluírem mais nas trilhas. Vejo a bike como uma ferramenta de autoconhecimento, por isso tenho a dedicação de desenvolver a escola para trazer esses conhecimentos para o máximo de pessoas poderem usufruir de um maior equilíbrio entre o corpo, mente e natureza.

Confira nessa matéria trajetória e muitas curiosidades sobre Lua Oliveria Lua Oliveira, TOP 5 do mundo na modalidade mountain bike downhill. -Reprodução: Arquivo Pessoal

MM – Você tem patrocinadores/apoiadores?
LO –
Tenho a Specilized como patrocínio oficial e a Akiton Paz como apoiador.

MM – Me explica um pouco mais sobre a Flow Ride…
LO –
É uma escola para todas as pessoas, sendo elas iniciantes ou profissionais, ou até mesmo pessoas que não saibam pedalar ou têm algum trauma causado pela bike. Através das técnicas de pilotagem, a escola tem o objetivo de conectar as pessoas com suas bicicletas e, com isso, terem mais fluidez por onde elas pedalarem, visando sempre a diversão e principalmente a segurança.

MM – Qual a sua comida predileta?
LO – Comida japonesa vegana.

MM – Qual é o seu maior sonho?
LO – Viver em um mundo com mais igualdade, menos preconceito e mais sustentabilidade. E poder criar um espaço onde eu possa incentivar as pessoas a viverem dessa forma.

MM – E para finalizarmos, mande uma mensagem para os leitores do Mundo Maria.
LO – É um prazer imenso responder essa entrevista e compartilhar um pouco da minha história. A bike tem muitos significados positivos na minha vida e espero que possa incentivar a pratica e o aproveitamento que o esporte na natureza nos proporciona. Um beijo enorme pra vocês e até a próxima!

E leiam só uma hot news que Lua me contou em primeira mão: ela vai participar do Red Bull Formation, um evento épico para a cena do freeride feminino. Antigamente as mulheres não tinham esse espaço, mas esta será a terceira edição do evento, que acontece em Virgin, Utah, nos Estados Unidos.

O evento acontece entre os dias 8 e 15 de maio e reunirá as melhores do mundo do freeride para criarem juntas diferentes linhas para saltar, mandar manobras e se desafiar. Ou seja, não é uma competição, mas sim um trabalho de colaboração e união para construírem juntas a própria pista.

Esse ano a Lua está indo como construtora de pista. “Vou andar também, mas principalmente vou ajudar as linhas escolhidas pelas atletas oficiais, o que é uma oportunidade incomensurável de poder andar entre elas e conseguir uma vaga para participar como atleta oficial na próxima edição.

Me senti muito orgulhosa de ver uma mulher catarinense dentro de um evento tão significante como este.

Confira nessa matéria trajetória e muitas curiosidades sobre Lua Oliveria Lua Oliveira, TOP 5 do mundo na modalidade mountain bike downhill. -Reprodução: Arquivo Pessoal

Confira esse vídeo imperdível de Lua Oliveira.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Diversa+ na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...