FOTOS: Conheça 10 esportes bizarros que já foram disputados nas Olimpíadas

Tiro ao pombo? Cabo de guerra? O ND+ reuniu algumas modalidades pra lá de bizarras que marcaram a história dos Jogos Olímpicos

Os Jogos Olímpicos de Tóquio apresentam modalidades já clássicas, que marcam presença em todas as edições há anos, e algumas inéditas.

Na edição 2020, que está sendo transmitida durante a madrugada no Brasil, quatro esportes estão sendo disputados pela primeira vez: surfe, skate, caratê e a escalada esportiva.

Até aí, tudo bem. Mas o que você acharia de assistir uma disputa de tiro ao pombo? Ou se emocionar com o concorrido cabo de guerra?

O ND+ reuniu 10 esportes bizarros que já estiveram presentes no maior evento esportivo do mundo. Confira! 

Tiro ao pombo. A inusitada e controversa modalidade foi disputada na Olimpíada de Paris 1900, quando 300 pombos foram mortos durante a disputa, sendo que apenas os três primeiros colocados abateram quase 80 aves. Como o esporte foi muito criticado à época, apenas quatro dos 55 inscritos participaram da competição. Nos Jogos Olímpicos de 1908, 1912, 1920 e 1924 a modalidade ainda seria disputada, mas com pombos de argila. – Foto: Reprodução
1 10
Tiro ao pombo. A inusitada e controversa modalidade foi disputada na Olimpíada de Paris 1900, quando 300 pombos foram mortos durante a disputa, sendo que apenas os três primeiros colocados abateram quase 80 aves. Como o esporte foi muito criticado à época, apenas quatro dos 55 inscritos participaram da competição. Nos Jogos Olímpicos de 1908, 1912, 1920 e 1924 a modalidade ainda seria disputada, mas com pombos de argila. – Foto: Reprodução
Cabo de guerra. Conhecido no Brasil como uma brincadeira infanto-juvenil, o cabo de guerra é muito mais ligado por aqui a uma gincana do que a um esporte. Mas, de 1900 a 1920, a modalidade esteve presente nos Jogos Olímpicos.Em 1900, cada equipe era formada por seis atletas. O país mais vencedor é a Grã-Bretanha. Em todas as Olimpíadas de que fez parte, o esporte foi exclusivamente masculino. – Foto: Reprodução/ND
2 10
Cabo de guerra. Conhecido no Brasil como uma brincadeira infanto-juvenil, o cabo de guerra é muito mais ligado por aqui a uma gincana do que a um esporte. Mas, de 1900 a 1920, a modalidade esteve presente nos Jogos Olímpicos.Em 1900, cada equipe era formada por seis atletas. O país mais vencedor é a Grã-Bretanha. Em todas as Olimpíadas de que fez parte, o esporte foi exclusivamente masculino. – Foto: Reprodução/ND
Natação com obstáculos. Disputada em Paris-1900, a prova era completamente bizarra. Os competidores tinham que escalar um poste, em seguida atravessar uma fileira de barcos, saltando de um para o outro, e finalmente nadar por baixo d’água até ultrapassar outra fileira de barcos. – Foto: Reprodução/ND
3 10
Natação com obstáculos. Disputada em Paris-1900, a prova era completamente bizarra. Os competidores tinham que escalar um poste, em seguida atravessar uma fileira de barcos, saltando de um para o outro, e finalmente nadar por baixo d’água até ultrapassar outra fileira de barcos. – Foto: Reprodução/ND
Escalada de corda. Imagine um monte de marmanjos subindo uma corda de 14 metros de altura usando apenas os braços e as mãos e você terá uma ideia do que foi a competição de escalada nas Olimpíadas de 1896. – Foto: Reprodução/ND
4 10
Escalada de corda. Imagine um monte de marmanjos subindo uma corda de 14 metros de altura usando apenas os braços e as mãos e você terá uma ideia do que foi a competição de escalada nas Olimpíadas de 1896. – Foto: Reprodução/ND
Pelota basca. Disputado em duplas, os jogadores seguram uma espécie de arco-escorregador-luva-de-baseball e jogam uma bola (a pelota) contra uma parede. Disputada como modalidade válida nas Olimpíadas de Verão de 1900, em Paris, apenas duas duplas participaram (4 pessoas) e houve apenas um jogo. – Foto: Reprodução/ND
5 10
Pelota basca. Disputado em duplas, os jogadores seguram uma espécie de arco-escorregador-luva-de-baseball e jogam uma bola (a pelota) contra uma parede. Disputada como modalidade válida nas Olimpíadas de Verão de 1900, em Paris, apenas duas duplas participaram (4 pessoas) e houve apenas um jogo. – Foto: Reprodução/ND
Nado subaquático. Também disputada em Paris-1900, os competidores recebiam dois pontos por cada metro percorrido e mais um por cada segundo debaixo d’água. A prova, que foi disputada uma única vez na história, terminou com dobradinha francesa: Charles Devendeville foi o medalha de ouro e André Six ficou com a prata. O dinamarquês Peder Lykkeberg completou o pódio. – Foto: Reprodução/ND
6 10
Nado subaquático. Também disputada em Paris-1900, os competidores recebiam dois pontos por cada metro percorrido e mais um por cada segundo debaixo d’água. A prova, que foi disputada uma única vez na história, terminou com dobradinha francesa: Charles Devendeville foi o medalha de ouro e André Six ficou com a prata. O dinamarquês Peder Lykkeberg completou o pódio. – Foto: Reprodução/ND
Nado sincronizado solo. Nado sincronizado, geralmente, é composto de pelo menos duas pessoas. Mas de 1984 até 1992, a modalidade solo (ou seja: só uma dançarina por vez) era disputada nas Olimpíadas de Verão – Foto: Reprodução/Record TV
7 10
Nado sincronizado solo. Nado sincronizado, geralmente, é composto de pelo menos duas pessoas. Mas de 1984 até 1992, a modalidade solo (ou seja: só uma dançarina por vez) era disputada nas Olimpíadas de Verão – Foto: Reprodução/Record TV
Salto em altura sem corrida. Na lista de modalidades e esportes bizarros disputados em Jogos Olímpicos não podem faltar as provas de salto sem corrida, que fizeram parte do programa entre 1900 e 1912 e transformaram o americano Ray Ewry em um dos grandes nomes da história. Cada competidor executava cada salto parado, sem correr para ganhar impulso. – Foto: Reprodução/ND
8 10
Salto em altura sem corrida. Na lista de modalidades e esportes bizarros disputados em Jogos Olímpicos não podem faltar as provas de salto sem corrida, que fizeram parte do programa entre 1900 e 1912 e transformaram o americano Ray Ewry em um dos grandes nomes da história. Cada competidor executava cada salto parado, sem correr para ganhar impulso. – Foto: Reprodução/ND
Ciclismo de 12 horas. Na primeira edição dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, em Atenas-1896, foi disputada a longuíssima prova de 12 horas de ciclismo. Sete participantes de quatro países iniciaram a competição, mas apenas dois chegaram ao fim: o medalha de ouro, Adolf Schmal, da Áustria, e o de prata, Frederick Keeping, da Grã-Bretanha. Foi a primeira e única vez que a prova foi disputada. – Foto: Pixabay/Reprodução/ND
9 10
Ciclismo de 12 horas. Na primeira edição dos Jogos Olímpicos da Era Moderna, em Atenas-1896, foi disputada a longuíssima prova de 12 horas de ciclismo. Sete participantes de quatro países iniciaram a competição, mas apenas dois chegaram ao fim: o medalha de ouro, Adolf Schmal, da Áustria, e o de prata, Frederick Keeping, da Grã-Bretanha. Foi a primeira e única vez que a prova foi disputada. – Foto: Pixabay/Reprodução/ND
Combate a incêndio. Essa inusitada modalidade também foi disputada nos jogos de Paris 1900. Felizmente, não se tornou um esporte olímpico oficial. – Foto: Pixabay/Reprodução/ND
10 10
Combate a incêndio. Essa inusitada modalidade também foi disputada nos jogos de Paris 1900. Felizmente, não se tornou um esporte olímpico oficial. – Foto: Pixabay/Reprodução/ND
+

Mais Esportes

Loading...