Conteúdo por Gazeta Esportiva

Grama sintética e chances aos jovens: Palmeiras inicia planejamento

Gabriel Veron deve ser um dos jovens a receber chances (Foto: Divulgação/SEP)

O Palmeiras iniciou no último domingo a reformulação para 2020. Após a derrota para o Flamengo, o clube demitiu o treinador Mano Menezes o diretor de futebol Alexandre Mattos. As mudanças, porém, vão adentrar outros setores, como o grupo e até mesmo o estádio.

O presidente Maurício Galiotte confirmou que o clube adotará a grama sintética no Allianz Parque e reiterou a nova filosofia de proporcionar mais oportunidades aos garotos das categorias de base, que tem conseguido ótimos resultados nos últimos anos, ao responder uma questão sobre o atraso de planejamento com as demissões.

“São mudanças importantes, profundas, mas necessárias. Não acredito que teremos nenhum tipo de atraso, até porque temos, hoje, profissionais e conceito de trabalho, processos no clube que vão continuar”, disse.

“As situações que tínhamos desenhado para o próximo período, com utilização de alguns garotos da base, que, a partir do próximo ano, será filosofia e política do clube. Não falamos em números de atleta porque depende de qualidade, momento e safra. Não vamos determinar percentual ou número absoluto. Mas teremos base, gramado sintético, como trabalhamos fortemente para isso, e um time competitivo. É isso que o torcedor espera, o que esperamos e o que fará com que a gente volte às conquistas”, completou.

Com a alteração no estádio, o Palmeiras espera diminuir o número de partidas disputadas fora do Allianz Parque e evitar jogos com o gramado em más condições. Em 2019, por exemplo, o time precisou mandar oito compromissos no Pacaembu, incluindo as quartas de final da Copa Libertadores diante do Grêmio.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Mais Esportes

Loading...