Rodrigo Vieira

rodrigo.vieira@ndtv.com.br Blumenau e região são destaque todos os dias com o jornalista Rodrigo Vieira. O apresentador do Balanço Geral da NDTV traz aqui notícias exclusivas e opinião.


Municipalização do Sesi em Blumenau fica para julho, mas verba milionária deve vir antes

Dinheiro da compra do Complexo Esportivo do Sesi pela prefeitura de Blumenau deverá vir do Governo do Estado, mas não pelo Plano 1000

A intenção da prefeitura de Blumenau de comprar o Complexo Esportivo do Sesi, que pertence a Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina), continua rendendo. A oficialização do negócio, que agora depende do Conselho Nacional do Sesi, ficou para julho, mas a verba milionária poderá ser anunciada na próxima quarta-feira (22) quando o governador Carlos Moisés estará novamente em Blumenau.

Complexo Esportivo do Sesi na Rua Itajaí, no bairro Vorstadt, em Blumenau – Foto: Divulgação/Fiesc/NDComplexo Esportivo do Sesi na Rua Itajaí, no bairro Vorstadt, em Blumenau – Foto: Divulgação/Fiesc/ND

O prefeito Mário Hildebrandt conversou com a coluna e disse que está trabalhando para assinar um convênio com o Governo do Estado. A expectativa é oficializar o acordo na quarta-feira durante a agenda de Carlos Moisés em Blumenau, quando o governador irá repassar recursos do Plano 1000 para diversas obras no município.

Mas o dinheiro para compra do Sesi não virá do Plano 1000. O prefeito afirma que a verba deverá ser estadual, porém, via convênio. Como a grana precisa ser oficializada até o fim deste mês, por causa das restrições eleitorais, o trabalho de bastidores é para que seja feita a chamada cláusula suspensiva.

Neste caso, o convênio será firmado, com o dinheiro garantido, e o pagamento, se tudo der certo com a compra, ficaria para depois das eleições. Com isso, na próxima quarta-feira tem tudo para que o valor da municipalização do Sesi, guardado a sete chaves, seja, enfim, revelado.

Para relembrar

Na década de 70 a prefeitura doou o terreno aos empresários. O complexo foi construído e pertence à Fiesc. No ano passado o prefeito oficializou o desejo de adquirir o Complexo do Sesi, sem pagar nada. Após muita negociação, se chegou a um valor para comprar a estrutura construída.

A Fiesc aprovou a venda do Sesi à prefeitura em abril deste ano, conforme a coluna noticiou com exclusividade. Mas agora a decisão está nas mãos do Conselho Nacional do Sesi, em Brasília. A tendência é de aprovação, entretanto, o negócio ainda não está 100% fechado.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...