Conteúdo por Gazeta Esportiva

Ross Brawn crê na realização do GP Brasil de Fórmula 1 este ano: “Seremos capazes”

Nesta semana, a Fórmula 1 definiu o início da temporada 2020. Com quase três meses de atraso, em função do novo coronavírus, a maior categoria do automobilismo tem apenas oito provas confirmas até o momento, sendo duas repetidas no mesmo local. A pandemia colocou em xeque todo o restante da programação, mas se depender de Ross Brawn, diretor técnico da categoria, o Brasil estará presente no calendário deste ano.

Foto: Reprodução/ F1

“O Brasil está no meio de um período muito difícil. O México também está no meio de um período muito difícil. Mas estamos otimistas de que essas situações melhorarão e, portanto, seremos capazes de construir um programa em torno disso”, revelou em entrevista à BBC.

A organização da Fórmula 1 prevê a realização de pelo menos 15 corridas este ano, passando por todos os continentes. Quatro GP’s já foram cancelados (Austrália, Holanda, Monaco e França) e outros seis adiados (Bahrein, Vietnã, China, Espanha, Azerbaijão e Canadá). A primeira prova está agendada para 5 de julho, em Spielberg, na Áustria.

O GP Brasil ainda não foi confirmado, mas está previsto para 15 de novembro, a penúltima corrida do ano.

+ Mais Esportes