Água, o bem mais precioso: manter a torneira fechada é economizar para preservar

Considerada patrimônio da humanidade, a água necessita de cuidados e conscientização

Preservar através da economia de água é fundamental para o meio-ambiente – Foto: Divulgação/NDPreservar através da economia de água é fundamental para o meio-ambiente – Foto: Divulgação/ND

O Brasil é o país mais rico em água doce do mundo: cerca de 12% da disponibilidade de água do planeta fica no nosso território, segundo a Agência Nacional de Águas. Na cidade de Tubarão, Região Sul de Santa Catarina, é o Rio Tubarão a bacia que abastece o município, e a preservação deste afluente é fundamental para o presente e o futuro da população.

O Rio nasce nos municípios de Lauro Müller, Orleans e Pedras Grandes. O volume de água do Rio Tubarão é tão precioso, que a Cidade Azul tem abastecimento suficiente para atender toda a população.

Portanto, além da preservação do Rio, evitar o consumo desenfreado de água também precisa ser um compromisso de todos. Por isso a importância da economia e de repensar hábitos. De acordo com a Tubarão Saneamento, testes apontam que manter a torneira fechada enquanto você escova os dentes ou faz a barba, gera uma economia de 12 a 80 litros de água.

Preservar a água começa a partir do processo para que ela esteja 100% pronta para o consumo. O processo é longo, começa pela entrada bruta do material, passa pela filtração, até a distribuição final.

“A água passa por uma etapa de captação, de gradeamento, entra numa estação de tratamento convencional, passando por floculadores, decantadores, processos de filtração, e, durante esses processos, também passa pela atividade de controle”, explicou o coordenador operacional da Tubarão Saneamento, Jorge Loff Corrêa.

Na Cidade Azul, todo esse processo é feito pela Tubarão Saneamento, concessionária responsável pelo abastecimento de água e tratamento de esgoto no município. Todos os processos necessários durante o tratamento são necessários para manter a qualidade final da água, de acordo com o que é estabelecido pelo Ministério da Saúde.

A água é tratada e filtrada até que chegue para a população da cidade azul – Foto: Divulgação/Tubarão SaneamentoA água é tratada e filtrada até que chegue para a população da cidade azul – Foto: Divulgação/Tubarão Saneamento

“Nossos técnicos trabalham 24h por dia, realizam análise da entrada da água, tanto na chegada quanto na saída, a cada duas horas. Existem ainda as análises de controle de processo, além do que é estabelecido pelo Ministério da Saúde. São análises de cor, ph, flúor, cloro e bacteriologia. Além disso, temos um laboratório terceirizado que realiza outras análises com maior complexidade”, complementou Jorge.

Do tratamento até a torneira o caminho é longo. Além da consciência sobre o consumo da água, que depende exclusivamente do cidadão, outra orientação é sobre a limpeza das caixas d’água, reservatórios que muitas vezes são esquecidos.

É necessário fazer higienização a cada seis meses, ao menos. A medida é importante para evitar a contaminação por bactérias que podem causar doenças. Com o tempo, além das bactérias, outros micro-organismos podem liberar resíduos que interferem na qualidade da água.

Confira métodos de economia de água e preservação do meio ambiente através da Tubarão Saneamentos https://tubaraosaneamento.com.br/dicas_economia

+

Tubarão valoriza

Loading...