Moacir Pereira

moacir.pereira@ndmais.com.br Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Aresc advertiu Casan sobre desastre na Lagoa da Conceição

Relatório de Inspeção é de junho de 2020

O rompimento da bacia de infiltração da Estação de Tratamento de Esgoto da Casan nas dunas da Lagoa da Conceição não causou surpresa aos líderes das associações de moradores e técnicos que residem em vários pontos da Lagoa da Conceição.

Agência Reguladora fez vários alertas a Casan em 2020 – Foto: ETE LagoaAgência Reguladora fez vários alertas a Casan em 2020 – Foto: ETE Lagoa

Há muito tempo advertem a Casan para os graves problemas da Estação de tratamento e para a bacia de decantação.

Advertência oficial também consta do “Relatório de Fiscalização Emergencial dos Serviços de Saneamento Básico”, realizado por quatro especialistas da Aresc-Agência Reguladora de Serviços Públicos de Santa Catarina- em junho de 2020, portanto, há apenas sete meses.

Entre a conclusões no documento, a partir de vários testes e inspeção no local destacam-se:

1.Pela ETE Lagoa da Conceição estar inserida em um ambiente extremamente sensível, recomenda-se a instalação de um medidor de saída do efluente tratado após o decantador secundário, afim de se ter um controle operacional mais preciso com relação as vazões de entrada e saída.

2. Recomendações para identificação e colocação de muros para evitar atos de vandalismo e invasões.

3.Tratando-se de uma Fiscalização Emergencial, a Concessionária deverá cumprir com as determinações contidas neste Relatório de Fiscalização e no Termo de Adequação dos Serviços (TAS) emitido, bem como avaliar a aplicação das recomendações sugeridas pela Aresc e, no prazo de 15 dias.

4.Como esta ETE é caracterizada por lançar seu efluente tratado em uma lagoa de evapotranspiração, que consequentemente influencia a Lagoa da Conceição, a eficiência de remoção de Fósforo total (58,33%), bem como a quantidade de Fósforo total apresenta-se em desconformidade à legislação estadual de Santa Catarina (Lei Estadual no 14.675/2009).

5. A Concessionária(Casan) deverá apresentar também Plano de Contingência de modo a não permitir inundação de esgoto nos locais das elevatórias.

Quer dizer: para os moradores e para a Aresc, foi um desastre previsto e até oficialmente anunciado.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...