Aviões para combater gafanhotos voltam a ser usados na Argentina

Ataques anteriores das autoridades locais resultaram na morte de 15% da população dos insetos. Infestação chegou a ter 40 milhões de gafanhotos

A Argentina retomou na quinta-feira (2) o uso de aviões para combater a nuvem de gafanhotos que assola parte da produção agrícola da cidade de Esquina na província de Corrientes, perto da fronteira com o Rio Grande do Sul.

A nuvem de gafanhotos está sendo monitorada desde o dia 28 de maio na Argentina – Foto: Agência Brasil/Reprodução/Twitter/ND

O governo local e o Senasa (Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar) da Argentina conseguiram realizar operações para diminuir o tamanho da nuvem, que chegou a ter 40 milhões de insetos.

Leia também:

Depois da pulverização de agrotóxico, técnicos vão avaliar os resultados do novo ataque.

Em tentativas anteriores do governo argentino, cerca de 15% da população de gafanhotos morreu nos ataques.

+

Meio Ambiente