Bombeiros controlam incêndios no Rio Vermelho e no Monte Verde, em Florianópolis

No Parque Estadual do Rio Vermelho, equipes encontram indício de ação criminosa e devem continuar monitorando a área

Os bombeiros controlaram no fim da tarde desta quinta-feira (4) o incêndio que atingiu uma área de vegetação do Parque Estadual do Rio Vermelho, no Norte da Ilha de Santa Catarina. Por volta das 17h, as equipes dos bombeiros ainda monitoravam a área, que apresentava apenas fumaça.

Também nesta tarde foram controladas as chamas que atingiram desde o dia 31 de maio uma área florestal no bairro Monte Verde, em Florianópolis. As equipes de bombeiros seguem monitorando a área.

Incêndio no Parque do Rio Vermelho – Foto: Anderson Coelho/NDIncêndio no Parque do Rio Vermelho – Foto: Anderson Coelho/ND

Leia também:

Rio Vermelho

Conforme a corporação, as chamas começaram às 8h desta quinta-feira (4) no Parque Estadual do Rio Vermelho, e os bombeiros combateram três grandes focos de incêndio. Foram necessários 30 bombeiros, que se dividiram em três equipes.

Aceiros realizados como mini escavadeira – Foto: Anderson Coelho/NDAceiros realizados como mini escavadeira – Foto: Anderson Coelho/ND

Como uma mini escavadeira os bombeiros realizaram aceiros para isolar o incêndio. A técnica delimita a área das chamas, circundando a vegetação com pequenas “estradas”. Elas impedem que o fogo se alastre.

Ainda não se sabe a causa das chamas. Os bombeiros encontraram no local materiais que podem ter sido utilizados na combustão inicial. De origem natural, eles foram colocados no incêndio em blocos podendo indicar possível incêndio criminoso, afirmam os bombeiros.

Os indícios serão apurados pelos peritos dos bombeiros. A perícia tem 30 dias para ser concluída.

Bombeiros encontraram indícios de ação criminosa – Foto: CBMSC/Divulgação/NDBombeiros encontraram indícios de ação criminosa – Foto: CBMSC/Divulgação/ND

Monte Verde

Já o incêndio no Monte Verde iniciou na tarde de domingo, 31 de maio, e até a tarde de quarta-feira já havia atingido uma área de 200 m². O número ainda não foi atualizado.

Devido a área ser de difícil acesso, os bombeiros utilizaram um bambi bucket – um balde suspenso em um cabo transporta a água para o combate aéreo.

Três bombeiros foram até o local, deslocando-se pelo Helicóptero Arcanjo. Foram utilizados cerca de 15 mil litros de água, em 30 lançamentos de água, informou a corporação. As chamas foram controladas e os bombeiros seguem monitorando, por causa da possibilidades de novos focos.

As causas do incêndio ainda serão investigadas.

+ Meio Ambiente