Confira os locais onde é aconselhável tomar banho de mar em Santa Catarina

Sete municípios catarinenses tiveram todos os pontos analisados considerados aptos para banho; veja a lista

Dos 236 pontos analisados nas praias catarinenses, 154 foram considerados próprios para banho, o que representa 65,3% dos locais. Com novos pontos acrescidos na análise, o atual relatório do IMA (Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina) teve índice melhor do que o monitoramento da semana anterior, o qual apontava que 61% dos pontos eram adequados.

Segundo relatório, 65,3% dos locais são considerados próprios para banho – Foto: Reprodução/Governo de Santa CatarinaSegundo relatório, 65,3% dos locais são considerados próprios para banho – Foto: Reprodução/Governo de Santa Catarina

O resultado consta no sétimo relatório de balneabilidade, que foi divulgado na última sexta-feira (21). A coleta do material para análise foi feita entre os dias 17 e 19 de janeiro. São mais de 100 praias e balneários analisados em 27 municípios litorâneos.

Entre os municípios, se destacam Araranguá, Biguaçu, Garopaba, Imbituba, Jaguaruna, Joinville e Piçarras, que tiveram todos os pontos analisados considerados aptos para banho.

Já o município de São José teve um local analisado e considerado impróprio. Em Florianópolis, onde há o maior número de pontos coletados, dos 87 locais analisados, 60 foram considerados próprios para banho.

  • Araranguá – um ponto coletado – considerado próprio para banho;
  • Balneário Arroio do Silva – quatro pontos, três aptos e um impróprio;
  • Balneário Gaivota – dois locais analisados, um apto e outro impróprio;
  • Balneário Camboriú – 15 locais, nove próprios e seis impróprios;
  • Balneário da Barra Sul –  três pontos – dois aptos e um impróprio;
  • Balneário Rincão – oito locais – seis próprios e dois impróprios;
  • Barra Velha – Cinco pontos – três aptos e dois impróprios;
  • Biguaçu – um ponto analisado e próprio para banho;
  • Bombinhas – nove locais -três aptos e seis impróprios;
  • Florianópolis – 87 pontos coletados – 60 próprios e 27 impróprios;
  • Garopaba – cinco pontos – todos estão próprios;
  • Governador Celso Ramos – 16 pontos,  sete próprios, dois indeterminados e sete impróprios;
  • Imbituba – Oito locais analisados e todos aptos para banho;
  • Itajaí – cinco locais analisados – quatro próprios e um é impróprio;
  • Itapema – nove locais, quatro próprios e cinco impróprios;
  • Itapoá – cinco pontos -três aptos e dois impróprios;
  • Jaguaruna – três pontos analisados e todos próprios;
  • Joinville – um ponto analisado e próprio para banho;
  • Laguna – Sete locais – seis aptos e um impróprio;
  • Navegantes – Quatro pontos de análise – um apto e três impróprio;
  • Palhoça – Sete pontos- cinco próprios e dois impróprios;
  • Passo de Torres – dois pontos -um apto e um impróprio;
  • Penha – 11 locais analisados – cinco aptos e seis impróprios;
  • Piçarras – dois pontos analisados e aptos para banho;
  • Porto Belo – seis locais – três aptos e três impróprios;
  • São Francisco do Sul – nove locais analisados – seis aptos e três impróprios;
  • São José – um local analisado e considerado impróprio 

Novos pontos analisados

No sétimo relatório do IMA, cinco novos pontos passaram a ter coleta e serem analisados, são eles: um ponto na Praia de Itapoã em Itapoá, um local na Praia Cerro em Barra Velha, e três pontos em Governador Celso Ramos – sendo que um fica na Praia de Calheiros, um na Praia de Ganchos de Fora e outro na Praia de Palmas.

O monitoramento da balneabilidade faz parte das ações da Operação Verão Mais Seguro, lançada pelo Governo do Estado de Santa Catarina.

+

Meio Ambiente

Loading...