Construções são demolidas na Lagoa do Peri, em Florianópolis

Segundo a Prefeitura, não havia moradores nas construções erguidas em em área de conservação, que apresentavam pouca estrutura para habitação. Demolições ocorreram após denúncia

A Floram (Fundação Municipal do Meio Ambiente) realizou, nesta sexta-feira (9), uma operação para demolir seis estruturas de habitação que foram levantadas no lado sul da Unidade de Conservação Monumento Natural Municipal da Lagoa do Peri, no Sul da Ilha de Florianópolis.

Seis estruturas iniciais de construção foram demolidas pela fiscalização da Floram - PMF/Divulgação/ND
1 6
Seis estruturas iniciais de construção foram demolidas pela fiscalização da Floram - PMF/Divulgação/ND
Não havia moradores em nenhuma das estruturas - PMF/Divulgação/ND
2 6
Não havia moradores em nenhuma das estruturas - PMF/Divulgação/ND
Operação ocorreu nesta sexta-feira - PMF/Divulgação/ND
3 6
Operação ocorreu nesta sexta-feira - PMF/Divulgação/ND
Demolições ocorreram na porção sul da Unidade de Conservação Monumento Natural Municipal da Lagoa do Peri - PMF/Divulgação/ND
4 6
Demolições ocorreram na porção sul da Unidade de Conservação Monumento Natural Municipal da Lagoa do Peri - PMF/Divulgação/ND
Equipe da prefeitura da Capital realizou as demolições - PMF/Divulgação/ND
5 6
Equipe da prefeitura da Capital realizou as demolições - PMF/Divulgação/ND
Casas estavam situadas no meio da mata - PMF/Divulgação/ND
6 6
Casas estavam situadas no meio da mata - PMF/Divulgação/ND

Segundo o secretário municipal do Meio Ambiente, Fábio Braga, a operação ocorreu após a equipe receber uma denúncia. Também foi informado que não havia habitantes nas estruturas construídas no local, evitando conflito.

“Com a fiscalização da Floram, conseguimos conter o início dessas construções irregulares, com invasão de área pública e supressão de vegetação em área de preservação permanente”, aponta Braga.

Proteção ambiental

Desde a década de 1950, a necessidade de proteção e preservação das áreas de mata, florestas e encostas da Lagoa do Peri é pauta para o poder público, através do Decreto Presidencial nº 30.443/1952. Em 1976, a área foi tombada como patrimônio natural.

Em 1981, tornou-se parque municipal e, em 2019, se transformou em Monumento Natural (Mona) Lagoa do Peri.

Pela Lei 10.530/2019, fica sob responsabilidade da Floram proteger o manancial hídrico da Bacia da Lagoa do Peri, além de preservar e restaurar o local, servindo para fins de turismo e pesquisa.

Denúncias de crimes ambientais podem ser feitas por mensagem de WhatsApp, no número 3271-6851 ou pelo e-mail difis.floram@pmf.sc.gov.br.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Meio Ambiente

Loading...