Deputado que foi à COP26 quer debater projetos de ‘hidrogênio verde’ em SC

'Hidrogênio verde" será objeto de palestras futuras na Assembleia Legislativa do Estado via Comissão do Meio Ambiente

Os projetos de “hidrogênio verde” chamaram a atenção do deputado Ivan Naatz (PL), na COP26. O presidente da Comissão do Meio Ambiente da Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina), que esteve em Glasgow, na Escócia, nos últimos dias, pretende trazer debates sobre o assunto a Santa Catarina.

Deputado Ivan Naatz quer debater projetos de ‘hidrogênio verde’ em SC – Foto: Divugação/NDDeputado Ivan Naatz quer debater projetos de ‘hidrogênio verde’ em SC – Foto: Divugação/ND

Os projetos foram destaque no evento e vem despontando como uma das soluções para a etapa da transição energética mundial como combustível alternativo e não poluente. O “hidrogênio verde” será objeto de palestras futuras na Alesc via Comissão do Meio Ambiente.

Ao encerrar sua participação na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2021 nesta terça-feira (9), o deputado considerou o encontro importante, produtivo e democrático para alertar a humanidade sobre os riscos crescentes do aquecimento global.

Além disso, também serviu de alerta sobre a necessidade de medidas práticas e urgentes para reduzir a emissão de gases poluentes na atmosfera.

Apesar de constatar o aumento de cobrança maior em torno da responsabilidade dos países ricos em financiar projetos como os principais poluidores nas últimas décadas, Naatz considera que cada país e cada Estado deve fazer a sua parte para contribuir no processo global, já que todos serão afetados.

Nesse sentido, avaliou que a participação de Santa Catarina na Conferência está sendo importante para aumentar o diálogo e o intercâmbio para a troca de experiências com especialistas de outros países.

O presidente da Comissão do Meio Ambiente cita, ainda, neste processo de intercâmbio e investimentos ambientais, a necessidade de avançar no desafio da transição de substituição da matriz energética do carvão mineral na região Sul do Estado, no caso das usinas termoelétricas.

Moisés cobra União Européia por passivo ambiental em SC

O governador Carlos Moisés (sem partido), que também está na Escócia participando da COP26, ao discursar nesta terça-feira (9), fez cobrança à União Européia em relação ao passivo ambiental.

Moisés lembrou que a exploração do carvão foi iniciada por empresa européia e convidou integrantes do Parlamento Europeu e da organização da COP26 para visitarem os estados do Sul do Brasil, para construir solução conjunta para a transição justa no setor de geração de energia.

+

Meio Ambiente

Loading...