Exames de leão-marinho-do-sul encontrado na Barra da Lagoa já tem prazo para divulgação

Animal foi resgatado no canal da barra da Lagoa, na quarta, mas não resistiu aos ferimentos e morreu um dia depois

Os exames do leão-marinho resgatado na quarta-feira pela Associação R3 Animal deverão ser divulgados em até 60 dias. O animal, que foi encontrado com um projétil na cabeça, também apresentava magreza excessiva e apatia. Após morrer na quinta-feira (15), dentes e órgãos do animal foram coletados para avaliação.

Exames de leão marinho devem ficar prontos em até dois meses – Foto: Nilson Coelho/R3 Animal/Divulgação/NDExames de leão marinho devem ficar prontos em até dois meses – Foto: Nilson Coelho/R3 Animal/Divulgação/ND

Sendo parte de uma espécie que costuma ter entre 18 e 20 anos de vida, o mamífero também fazia parte do único grupo da categoria de leões-marinhos que habitam o Sul brasileiro, e media cerca de 2 metros e 90 centímetros, além de pesar 225 quilogramas. 

Estes animais costumam frequentar o litoral do Rio Grande do Sul, mas, desde 2019, é possível perceber maior frequência na presença deles pela costa catarinense.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Meio Ambiente