Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Floram cria grupo técnico para monitorar impactos de desastre na Lagoa

Portaria foi oficializada pelo município nesta terça-feira (2)

Servidão que ficou submersa na Lagoa da Conceição no último dia 25- Foto: Felipe Carneiro/Especial para o NDServidão que ficou submersa na Lagoa da Conceição no último dia 25- Foto: Felipe Carneiro/Especial para o ND

A Fundação Municipal do Meio Ambiente de Florianópolis criou um grupo técnico para acompanhar a gestão dos recursos hídricos da Lagoa da Conceição e da Lagoa do Peri.

A missão prioritária é participar das ações de monitoramento dos impactos ambientais causados pelo rompimento da estrutura da Casan na Lagoa, no último dia 25, e da discussão sobre as medidas de recuperação do ecossistema. A portaria da Foram foi oficializada nesta terça-feira (2).

“Até agora não foi possível saber a dimensão do dano causado à lagoa e é essencial que essa equipe técnica qualificada possa acompanhar e garantir que a recuperação ocorra”, destaca o superintendente da fundação municipal, Rafael Poletto. O grupo, segundo ele, vai ficar responsável pela avaliação das medidas emergenciais planejadas pela Casan.