João Paulo Messer

messer@ndtv.com.br Política, economia, bastidores e tudo que envolve o cotidiano e impacta na vida do cidadão de Criciúma e região.


‘Fogo amigo’ leva famosa praia do Sul de SC à ‘condenação’ de abandono

Denúncias contra projetos de melhorias na praia do Morro dos Conventos partem de moradores da própria área, segundo o prefeito de Araranguá

Autoridades do município de Araranguá já constataram que a origem das medidas que levaram a Justiça Federal a proibir quaisquer construções na região do Morro dos Conventos, no Sul de SC, são consequência de denúncias de moradores locais. Desde o início do mês, quando saiu a proibição de qualquer melhoria ou construção na região do balneário, a comunidade está em pé de guerra.

A natureza foi generosa com a região de Morro dos Conventos em Araranguá – Foto: Viagens e Caminhos/Divulgação/NDA natureza foi generosa com a região de Morro dos Conventos em Araranguá – Foto: Viagens e Caminhos/Divulgação/ND

Morro dos Conventos é famosa por suas belezas que combinam o mar, o rio Araranguá que se encontra com o mar e que frequentemente muda e tem até três cores, as dunas, a restinga as lagoas e principalmente um paredão (falésia) com cerca de 80 metros de altura. No alto dele um mirante oferece uma das vistas mais lindas de Santa Catarina.

A constatação é que cinco ou seis moradores é que tem apresentado denúncias sucessivas ao Ministério Público, com o objetivo de impedir as melhorias que por sua vez atrairiam mais investimentos e por extensão maior volume de visitas. Para não perder a tranquilidade do local, no que o prefeito de Araranguá, César Cesa, caracteriza de egoísmo extremo, são criados empecilhos para as mudanças.

Desde o início do mês passado um despacho da Justiça Federal impede qualquer obra, seja priva ou pública, grande ou pequena, nova ou reforma. Inclui-se na lista de proibições até mesmo recuperação da sede dos Bombeiros locais, cuja verba está destinada.

Por tudo isso e porque as pessoas que denunciam são conhecidas no local é que o clima não é bom.

Nesta quarta-feira (13) uma comitiva de Araranguá terá uma reunião com o representante do Ministério Público, responsável pela ação que determinou as proibições. A tentativa é desobstruir melhorias e novos investimentos.

O prefeito César Cesa mostra indignado porque diz que só no Morro dos Conventos existem as proibições, diferente do que acontece nos municípios vizinhos. Ele cita a “barra do rio” – onde o rio desemboca no mar – que pelo lado do Morro dos Conventos exige uma caminhada de sete quilômetros para ser contemplado, enquanto pelo lado de Balneário Rincão se chega ao local de carro.

Estão na lista de investimentos para o local inúmeros empreendimentos, entre eles um hotel e pelo menos uma pousada.

Loading...