Governo de SC apresenta Plano de Manejo do Parque do Rio Vermelho

Finalidade do documento, apresentado na última quinta-feira (17), é estabelecer limites de uso com o objetivo de preservar a Unidade de Conservação

O documento que estabelece Plano de Manejo do Parque Estadual do Rio Vermelho, Unidade de Conservação Estadual localizada em Florianópolis, deve ser finalizado até o próximo dia 29 de novembro. A proposta foi apresentada na última quinta-feira (17), pelo IMA (Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina).

Imagem do morro do Parque do Rio VermelhoParque do Rio Vermelho está localizado no Norte da Ilha de Santa Catarina – Foto: Divulgação/IMA/ND

Esta é a primeira vez que o próprio órgão ambiental elabora o documento que tem por finalidade estabelecer as normas, restrições para o uso, planejamento de ações e manejo dos recursos naturais do Parque e do entorno.

Desenvolvido a partir de diversos estudos como diagnósticos do meio físico, biológico e social, o Plano de Manejo, além de prezar pela biodiversidade local, visando minimizar os impactos negativos sobre a Unidade, busca também a promoção da integração do Parque com a vida econômica e social das comunidades vizinhas.

O documento foi elaborado com a participação de entidades diversas e da população por meio de oficinas e apresentado pelo IMA através do seu canal no YouTube.

Segundo a coordenadora do Parque Estadual do Rio Vermelho, Adriana Nunes, o Plano de Manejo define o zoneamento, com a identificação das áreas que seguem restritas à preservação ambiental, com incentivo a pesquisas, mas também áreas onde será permitida a visitação pública.

“A apresentação é voltada ao Conselho Consultivo, equipe técnica e convidados que participaram das Oficinas Participativas. A população pode acompanhar para conhecer de forma mais detalhada as definições do Plano”, completou.

O facilitador da elaboração do Plano de Manejo do Rio Vermelho explica que este é um documento bastante sofisticado, completo, além de uma obrigação legal.

“No caso do Rio Vermelho isso acontece por estudos feitos pela própria equipe do IMA e parceiros e estes estudos agora são consolidados, validados, complementados com as oficinas participativas, o que fortalece a justificativa para a proposta para o zoneamento e para os programas que depois devem ser executados pela gestão da Unidade”, comentou.

Plano de Manejo

De acordo com a definição do Ministério do Meio Ambiente, Plano de Manejo é um documento consistente, elaborado a partir de diversos estudos, incluindo diagnósticos do meio físico, biológico e social.

Sendo assim, busca estabelecer as normas, restrições para o uso, ações a serem desenvolvidas e manejo dos recursos naturais da Unidade de Conservação, seu entorno e, quando for o caso, os corredores ecológicos a ela associados, podendo também incluir a implantação de estruturas físicas dentro da UC, visando minimizar os impactos negativos sobre a mesma, garantir a manutenção dos processos ecológicos e prevenir a simplificação dos sistemas naturais.

Uma das ferramentas mais importantes do plano de manejo é o zoneamento da Unidade que a organiza espacialmente em zonas sob diferentes graus de proteção e regras de uso.

O plano de manejo também inclui medidas para promover a integração da UC à vida econômica e social das comunidades vizinhas, o que é essencial para que implementação seja mais eficiente. É também neste documento que as regras para visitação são elaboradas.

Confira a apresentação do Plano de Manejo:

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Meio Ambiente

Loading...