Fabio Gadotti

Comportamento, políticas públicas, tendências e inovação. Uma coluna sobre fatos e personagens de Florianópolis e região.


Imagens de satélite mostram evolução da ocupação urbana em Florianópolis

Em pouco mais de 30 anos, índice passou de 15% para 25%, conforme estudo de pesquisador da Epagri/Ciram

Florianópolis tem 25% de seu território (11.500 km2) ocupado por área urbana, índice que era de cerca de 15% (6.999 km2) em 1989. A Capital catarinense tem, no entanto, a menor taxa de urbanização em comparação a Porto Alegre ( 36,3%) e Curitiba (71,6%).

Imagens de satélite mostram expansão urbana em Florianópolis – Foto: Divulgação/NDImagens de satélite mostram expansão urbana em Florianópolis – Foto: Divulgação/ND

Os dados são de estudos orientados pelo pesquisador Kleber Trabaquini, da Epagri/Ciram, com base em informações do Projeto Mapbiomas, que fornece informações de cobertura do solo em todo o país desde 1985 a partir de processamento de imagens orbitais dos satélites americanos Landsat-5 e Landsat-8.

O estudo identificou que a expansão urbana avançou principalmente sobre áreas de agropecuária, atingindo com menos intensidade as áreas de florestas (mata nativa e mangue).

“Isso pode ser explicado pelo fato de as áreas de agropecuária se concentrarem em regiões planas, o que facilita a expansão da urbanização”, argumenta Kleber.

Ele explica que a classe agropecuária representava 23% (9.500 km²) do município em 1989, ao passo que, em 2019, passou a ocupar 12% (5.455 km²), uma redução de 4.045 km2. A floresta, que ocupava 51% (22.726 km²) do município em 1989, em 2019 representa 47% (20.870 km²), uma redução de apenas 1.888 km².

O pesquisador conta que os dados de satélite podem ajudar no diagnóstico de como se encontra e como está sendo ocupado o solo do município.

“Isso é altamente positivo para o município, já que se pode, com os dados, priorizar áreas de proteção, bem como evitar o avanço desordenado da mancha urbana sobre florestas, mangues, restinga, entre outras áreas de conservação”, alerta.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.