Cerca de 90% dos imóveis inspecionados na Lagoa da Conceição têm esgoto irregular

Programa Trato pela Lagoa apresentou resultados das inspeções em reunião entre técnicos e representantes da Associação de Moradores do bairro de Florianópolis

O programa Trato Pela Lagoa, chefiado pela Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento), realizou nesta quarta-feira (7) a primeira reunião para apresentar resultados de vistorias na Lagoa da Conceição, em Florianópolis.

Nos últimos dois meses o programa inspecionou mais de 400 imóveis e realizou orientações à população. Pelo menos 90% dos deles apresentaram alguma irregularidade. A iniciativa tem o objetivo de melhorar o saneamento na região.

Programa de inspeção na Lagoa da Conceição apresenta resultados após 2 meses de trabalhosDurante os dois primeiros meses de trabalho, mais de 400 imóveis foram inspecionados – Foto: Trato pela Lágoa/Divulgação/ND

O programa, que envolve também a empresa Tec Civil Construções, Prefeitura de Florianópolis e o Governo Estadual, realizou a inspeção de 416 imóveis nos primeiros meses de trabalho. Ao todo 374 imóveis, estavam com irregularidades e apenas 42 estavam regulares.

Os resultados foram apresentados na reunião, em que participaram técnicos da empresa Tec Civil Construções, que executa o projeto, e representantes das associações de moradores da Lagoa da Conceição.

Irregularidades

Para cada imóvel são registrados os tipos de irregularidades encontradas e os prazos para adequação. “Na caixa de gordura está a maioria dos problemas dos imóveis”, ressaltou o engenheiro sanitarista Thigana Geon da Silva.

Das casas irregulares, 318 estavam sem caixa de gordura. Parcialmente ligadas na rede de esgota estavam 94 casas, enquanto três residências não tinham conexão. Ao todo, 47 imóveis estavam sem sifão e seis lançavam esgoto na rede pluvial.

Os líderes comunitários destacaram que um programa de inspeções era um desejo antigo da comunidade. Eles cobraram orientação clara e precisa quanto às irregularidades e reforçaram a necessidade da divulgação periódica dos dados.

Trato pela Lagoa

“O nome do programa, Trato Pela Lagoa, implica em uma relação direta entre nós e a comunidade em torno de um objetivo comum, que é melhorar o saneamento na região da Lagoa”, afirmou o engenheiro Francisco Pimentel, chefe da Agência Florianópolis da Casan. “Só vamos ter sucesso nesse objetivo com a participação e o engajamento de todos”.

Na última semana, o programa realizou a primeira ação pública de divulgação, no Centrinho da Lagoa. Materiais informativos foram distribuídos em uma tenda junto às equipes técnicas. No próximo dia 17, o programa estará à disposição dos moradores na feira semanal da Praça Bento Silvério, no Centrinho.

Contato

O Trato Pela Lagoa está sediado na Rua Altenor Viêira, 132, aberta à população. O telefone para contato e agendamento de inspeção é (48) 3209-4929 (WhatsApp).

O site do programa contém todas as informações relativas ao Programa, inclusive os resultados das vistorias técnicas.

+

Meio Ambiente