Cacau Menezes

cacau.menezes@ndtv.com.br Apaixonado pela sua cidade, por Santa Catarina, pelo seu país e pela sua profissão. São 45 anos, sete dias por semana, 24 horas por dia dedicados ao jornalismo


Lagoa da Conceição: um ano após acidente, 95% das famílias estão indenizadas

Há um ano, as fortes chuvas que atingiram Florianópolis (422,3 milímetros, quando a média esperada era de 138,6) provocavam o deslizamento da encosta da lagoa artificial de evapoinfiltração que recebe efluente tratado do Sistema de Esgotamento Sanitário da Lagoa da Conceição.

Desde então, a CASAN desenvolve ações para atendimento aos moradores, recuperação ambiental da região, melhorias e segurança do sistema.

“Foi um dos momentos mais desafiantes e sensível da CASAN, exigindo resposta rápida e cuidado especial com os moradores e com ambiente em que o sistema está inserido. Com apoio de todo quadro funcional da Companhia, desenvolvemos ações emergenciais e um planejamento para a região. Além disso, as constantes conversas com os moradores foram muito importantes para atendê-los e, até mesmo, para compreender e traduzir os anseios da Lagoa da Conceição”, avalia a diretora-presidente Roberta Maas dos Anjos. Atenção imediata e ações emergenciais.

Obra de Michelli Zimmermann Souza retrata sentimento de moradores com as perdas geradas pelo alagamento – Foto: Michelli Zimmermann Souza/Divulgação/NDObra de Michelli Zimmermann Souza retrata sentimento de moradores com as perdas geradas pelo alagamento – Foto: Michelli Zimmermann Souza/Divulgação/ND

Já nas primeiras horas após o acidente, no dia 25 de janeiro de 2021, a Companhia iniciou uma operação para a contenção da lagoa de evapoinfiltração, além de mobilizar seus profissionais, da área operacional e de escritório, para apoio à comunidade.

Empresas foram convocadas emergencialmente para retirada de entulhos, areia e lama nos imóveis e na Servidão Manoel Luiz Duarte, o local mais prejudicado. Foi montado um Centro de Operações na Servidão para oferecer apoio social, psicológico, médico e alimentação à população. O local também deu suporte aos trabalhos realizados pela Companhia para limpeza inicial das residências e da própria servidão.

Foi realizada a limpeza e manutenção da rede de drenagem pluvial, além de instalação de um mecanismo emergencial de bombeamento, para controle de nível da lagoa de evapoinfiltração, com acionamento remoto e monitoramento 24 horas. Em novos períodos de chuvas, o rebaixamento no nível da lagoa foi acionado, garantindo segurança aos moradores.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...