Cacau Menezes

Apaixonado pela sua cidade, por Santa Catarina, pelo seu país e pela sua profissão. São 45 anos, sete dias por semana, 24 horas por dia dedicados ao jornalismo


Mais uma desgraça na Lagoa da Conceição, acreditem?

MPF dá prazo para solução do novo problema

O Ministério Público Federal (MPF) em Santa Catarina deu prazo de 48 horas à Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) para adotar providências eficazes a fim de solucionar um novo extravasamento de esgoto/efluentes noticiado na Lagoa da Conceição.

Após denúncia recebida pelo MPF, a procuradora da República Analúcia Hartmann oficiou a Companhia, requisitando vistoria e providências imediatas para solução de um extravasamento em tubulação localizada abaixo do trapiche da Cooperbarco.

Essa nova requisição à Casan faz parte de procedimento instaurado para acompanhar o andamento da ação civil pública que trata do rompimento dos taludes da lagoa de estabilização integrante da Estação de Tratamento de Esgoto da Lagoa da Conceição.

A procuradora também advertiu a Casan sobre a responsabilização pelos reiterados eventos de poluição que estão destruindo o ecossistema da Lagoa. Também foram expedidos ofícios para a Vigilância Sanitária e para a Fundação Municipal do Meio Ambiente de Florianópolis (Floram).

Lagoa da Conceição  Foto: Divulgação/NDLagoa da Conceição  Foto: Divulgação/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.