João Paulo Messer

messer@ndtv.com.br Política, economia, bastidores e tudo que envolve o cotidiano e impacta na vida do cidadão de Criciúma e região.


Meio ambiente: Abusos a beira mar são penalizados com multa de R$ 5 mil

Abusos como invasão das dunas com veículos ou tráfego na faixa de praia foram alvo de fiscalização das policias no sul do Estado.

Uma blitz surpreendeu mais de 20 pessoas no último domingo (5) no litoral sul do Estado. Usuários da orla que exageram avançando os limites de estacionamento, dos decibéis do som e outros procedimentos que se enquadram em crime ambiental foram alvos de uma ação de fiscalização. Participaram da operação a Polícia Ambiental, FAMA ( Fundação Ambiental do Município de Araranguá) e Polícia Militar.

Grupo de patrulhamento pune crimes ambientais em praias do sul do Estado. – Foto: DivulgaçãoGrupo de patrulhamento pune crimes ambientais em praias do sul do Estado. – Foto: Divulgação

O local alvo é conhecido como Barra do Rio Araranguá e Ilhas, comunidades onde os abusos são cometidos com maior frequência, segundo denúncias de moradores.

Durante a operação houve 23 autuações que resultaram em multas por crime ambiental.  Cada infrator foi multado em R$ 5 mil. Estes infratores tornaram-se fiéis depositários dos seus veículos que são dados em garantia pelo pagamento da multa. Mesmo após pagar a multa os veículos não podem ser vendidos até que um juiz julgue o ato de infração cometido. Há casos em que os magistrados determinam ainda a destinação do veículo para alguma entidade como compensação pelo crime cometido.

A operação com todo este rigor foi realizada devido às inúmeras denúncias de moradores que relatavam o incômodo que passavam nos finais de semana. Além do som alto e perturbação do sossego da população, os frequentadores acampam nas dunas fazendo fogueiras e deixando quantidade de lixo, além de outras formas de agressão ao meio ambiente.

Moradores denunciantes relatam que os exageros de poluição acontecem por exemplo com as pessoas usando veículos de tração 4×4 para andar sobre as dunas. Já veículos de menor potencial para enfrentar estas áreas de difícil acesso também são usadas com invasão na faixa de areia provocando riscos aos banhistas.

A informação é de que este tipo de operação deve se tornar regular.

Loading...