Moradores flagram dezenas de peixes mortos em praias de Florianópolis

Para biólogo, o aparecimento de peixes mortos na faixa de areia pode ter relação com a pesca predatória

Moradores e pescadores flagraram dezenas de peixes mortos na manhã desta quarta-feira (2) nas praias de Jurerê e da Daniela, em Florianópolis. O fato foi registrado por moradores da região do Norte da Ilha, que encaminharam vídeos para a reportagem do Balanço Geral Florianópolis.

Moradores flagram dezenas de peixes mortos em praias de Florianópolis – Foto: Reprodução/NDTV RecordTVMoradores flagram dezenas de peixes mortos em praias de Florianópolis – Foto: Reprodução/NDTV RecordTV

Para o biólogo Emerilson Emerin, o aparecimento de peixes mortos na faixa de areia pode ter relação com a pesca predatória. “Isso é um indício de pesca predatória. Ou seja, redes inapropriadas, que acabam trazendo toda uma biodiversidade — pequenas espécies, peixes ainda em crescimento. Isso causa um impacto terrível para a nossa biodiversidade marinha e para a parte econômica, principalmente para a pesca artesanal, porque esses barcos chegam muito próximos à costa”, explicou o biólogo

Os vídeos também foram enviados ao IMA (Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina), onde foram analisados por técnicos e um oceanógrafo. Eles informaram que, em geral, esses peixes pequenos diversos são descartes da pesca e que é muito improvável que os animais tenham sido mortos por alguma microalga. Os técnicos do instituto devem ir ao local nos próximos dias para fazer uma vistoria.

Já a Floram (Fundação Municipal do Meio Ambiente de Florianópolis) comunicou que a equipe necessitaria de análises mais apuradas do caso, pela complexidade, para poder se manifestar. A fundação comunicou ainda que está ciente da situação e vai analisá-la.

Confira mais informações na reportagem.

+

BG Florianópolis