Moradores pedem reabertura de parques públicos em Florianópolis

Espaços estão fechados desde o início da pandemia e não há prazo para retorno de atividades, apesar de estudos para reabertura

Os moradores que frequentam os parques públicos de Florianópolis estão pedindo à Prefeitura da Capital para que os espaços sejam reabertos. O Jardim Botânico, no bairro Itacorubi, o Parque Ecológico do Córrego Grande, o Parque Natural do Morro da Cruz e a Lagoa do Peri, no Sul da Ilha, estão fechados, por decreto municipal, desde o início da pandemia  do novo coronavírus (Covid-19).

Moradores pedem reabertura de parques públicos e do Jardim Botânico de Florianópolis – Foto: Arquivo/Daniel Queiroz/ND

Em decreto publicado no dia 18 de setembro, pela Prefeitura, ficaram estabelecidas novas regulações na capital catarinense. O decreto tem validade de 14 dias e inclui medidas como a permanência do fechamento dos parques.

“Fica proibida a utilização de playgrounds e academias ao ar livre em todos os dias da semana, incluindo sábados, domingos e feriados. A concentração de pessoas na Avenida Beira-Mar e em demais praças e parques também fica proibida todos os dias, incluindo fins de semana e feriados”, aponta o decreto municipal.

No caso do Jardim Botânico, os moradores do bairro Itacorubi têm solicitado a reabertura do espaço. Segundo o presidente da associação da localidade, Sérgio Raulino, não há como deixar a área fechada. No entanto, ele defende que o uso público seja feito com as devidas normas de segurança sanitária.

“Se existe um decreto que abre vários espaços públicos, por que não abrir o Jardim Botânico?”, questionou Raulino. “Porque se for para deixar o Jardim Botânico fechado então tem que fechar todas as outras áreas que foram abertas”, disse Raulino à NDTV.

“É um espaço ao ar livre, e podem seguir todas as normas de segurança”, afirmou o presidente. O Jardim Botânico da capital está aberto apenas para descarte de vidros e entrega de resíduos para compostagem.

Comcap ajusta Jardim Botânico para reabertura

A prefeitura de Florianópolis informou que as áreas permanecerão fechadas em função da pandemia e existe estudo de medidas para reabertura desses espaços, mas sem data prevista para que isso ocorra.

O presidente da Comcap, Lucas Arruda, responsável pela manutenção do Jardim Botânico, informou que a empresa tem feito todas as adequações necessárias para reabertura do espaço de lazer, no entanto, aguarda liberação por parte da prefeitura.  “Já há pedidos nosso para que se possam retornar as atividades”, disse ele.

O Parque Ecológico do Córrego Grande, o Parque Natural do Morro da Cruz e a Lagoa do Peri, no Sul da Ilha, são de responsabilidade da Fundação Municipal do Meio Ambiente (Floram).

+

Meio Ambiente