Operação ‘Mata Atlântica em Pé’ vistoria áreas desmatadas em SC e outros 16 estados

Até o final de setembro, serão fiscalizados 272 alertas de desmatamento em SC, que equivalem a 2 mil campos de futebol

A quarta edição da Operação “Mata Atlântica em Pé” foi lançada nesta sexta-feira (17) em Santa Catarina e outros 16 estados brasileiros que integram o bioma. A iniciativa é voltada ao combate ao desmatamento e à recuperação de áreas degradadas.

Operação ‘Mata Atlântica em Pé’ vistoria áreas desmatadas em SC e outros 16 estados – Foto: IMA/Divulgação/NDOperação ‘Mata Atlântica em Pé’ vistoria áreas desmatadas em SC e outros 16 estados – Foto: IMA/Divulgação/ND

A ação é coordenada pelo MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) e pela Polícia Militar Ambiental. Até o final deste mês, policiais ambientais farão vistorias, autuações e outras medidas em imóveis onde houver a confirmação de desmatamento.

Santa Catarina conta, atualmente, com 272 alertas de desflorestamento produzidos por imagens via satélite. Esses alertas equivalem a, aproximadamente, dois mil campos de futebol.

Segundo informações divulgadas no Atlas da Mata Atlântica em maio deste ano, o Estado é o quarto que mais desmatou a floresta no período de 2019 a 2020.

O trabalho de fiscalização da Operação vai identificar as áreas desmatadas ilegalmente nos últimos anos e barrar as atividades ilegais. Os infratores serão responsabilizados.

“O objetivo é preservar a Mata Atlântica que é responsável pelo abastecimento de água à população, pela regulação das temperaturas, da umidade, das chuvas e constitui um dos principais instrumentos de enfrentamento da crise hídrica”, disse a coordenadora do Centro de Apoio do Meio Ambiente, promotora de Justiça Luciana Cardoso Pilati Polli.

+

Meio Ambiente

Loading...