Padre costura os lábios em protesto bizarro contra bilionário

Intenção do religioso era chamar atenção contra as agressões do grupo do bilionário ao meio ambiente, em silêncio forçado

Costurar os lábios. Esse foi o jeito que um padre de 71 anos, do condado de Oxfordshire, na Inglaterra, achou de protestar contra as mudanças climáticas. O registro foi feito na última segunda-feira (2), em frente da empresa de mídia global News Corp, de propriedade do bilionário Rupert Murdoch.

O padre com os lábios costurados: protesto radical – Foto: ReproduçãoO padre com os lábios costurados: protesto radical – Foto: Reprodução

Ele carregava cartazes nos quais acusava Murdoch de ser “o homem mais destrutivo da história do planeta”.

O padre é o reverendo Tim Hewes, que já foi flagrado em medidas drásticas anteriormente. Foi ele, por exemplo, que se colou nos móveis de um tribunal londrino. Acabou preso, mas não mudou sua postura de se rebelar contra o que entender ser prejudicial ao planeta.

“Costurei os lábios para demonstrar a terrível destruição que as ações de Rupert Murdoch causaram no mundo e para tornar isso visível. A ciência do clima e a verdade foram silenciadas, aqueles que sofrem não estão sendo ouvidos”, escreveu o religioso no site do grupo ativista Christian Climate Action.

Horas depois o padre removeu os pontos, de acordo com o jornal londrino Metro.

+

Meio Ambiente

Loading...