Seca avança no Oeste e Meio-Oeste de SC; veja as cidades afetadas

Boletim alerta para uso racional de água e aponta que 15 municípios estão em estado crítico frente à seca no Estado

Dados do Boletim Hidrometeorológico Integrado do Estado mostram que Santa Catarina registrou expansão da área de estiagem principalmente no Oeste e Meio-Oeste. De acordo com o documento, divulgado nesta quinta-feira (6), 15 municípios estão em estado crítico frente à seca.

Rio Chapecó é um dos atingidos pela estiagem no Oeste de Santa Catarina – Foto: Comitê de Bacia Hidrográfica de Chapecó/Divulgação/NDRio Chapecó é um dos atingidos pela estiagem no Oeste de Santa Catarina – Foto: Comitê de Bacia Hidrográfica de Chapecó/Divulgação/ND

Os dados se referem aos últimos 15 dias, ou seja entre a última semana de abril e a primeira de maio.  No último relatório apresentado em abril, havia 11 cidades neste patamar.

Entre os municípios em estado crítico de abastecimento devido à estiagem estão:

  • Abdon Batista;
  • Águas Frias;
  • Anchieta;
  • Bom Jesus do Oeste;
  • Chapecó;
  • Concórdia;
  • Coronel Martins;
  • Descanso;
  • Dionísio Cerqueira;
  • Guaraciaba;
  • Monte Carlo;
  • Planalto Alegre;
  • São Miguel da Boa Vista;
  • São Miguel do Oeste; e
  • Zortéa.

Além disso, dos 283 municípios que encaminharam informações, 163 municípios estão em estado de normalidade; 97 de atenção, e oito em alerta.

O boletim é elaborado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), por meio da Secretaria Executiva do Meio Ambiente (Sema).

“O agravamento da situação de estiagem acontece devido aos baixos volumes de precipitação nos últimos dois meses, principalmente no interior. E as perspectivas de chuva para os próximos meses indicam um período ainda mais seco no trimestre. Com a piora nos estados de criticidade, persiste a estiagem prolongada em Santa Catarina”, afirma o secretário da Sema, Leonardo Ferreira.

Diante da alta intensidade da seca hidrológica sobre o Estado, o comprometimento do abastecimento urbano em diversos municípios tende a se elevar.

“Estamos seguindo, em parceria com as agências reguladoras, o acompanhamento junto às prestadoras de serviço de abastecimento urbano, para que as medidas de mitigação planejadas sejam efetivas, no sentido de reduzir os impactos da estiagem neste momento”, frisa o secretário, enfatizando a necessidade do uso racional e consciente por parte dos usuários de recursos hídricos e da população de modo geral em Santa Catarina.

O Boletim Hidrometeorológico Integrado é um estudo quinzenal, coordenado pela SDE, por meio da Sema, juntamente com a Defesa Civil de Santa Catarina, Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc) e outras agências reguladoras do Estado.

Confira as principais recomendações para economizar água:

  • Evite banhos demorados;
  • Mantenha a torneira fechada ao fazer a barba e ao escovar os dentes;
  • Antes de lavar os pratos e panelas, limpe bem os restos de comida e jogue-os no lixo;
  • Deixe a louça de molho na pia com água e detergente por uns minutos e ensaboe. Repita o processo e enxágue;
  • Adote o hábito de usar a vassoura e não a mangueira para limpar a calçada e o quintal de sua casa;
  • Não lave o carro durante a estiagem. Caso precise, use balde e pano para lavar o carro em vez de mangueira;
  • Use regador para molhar as plantas no lugar de mangueira;
  • Utilize a máquina de lavar somente quando estiver na capacidade total;
  • No tanque, feche a torneira enquanto ensaboa e esfrega a roupa;
  • Mantenha a válvula de descarga regulada, e conserte imediatamente vazamentos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Meio Ambiente