‘Única solução é lacrar’, diz Casan após receber multa por esgoto irregular em Florianópolis

Companhia já havia realizado operação na Praia do Meio, em Coqueiros,, mas prefeitura constatou que rede permanecia contaminada

Após a Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) receber multa ambiental de R$ 900 mil e realizar limpeza na praia do Meio, em Coqueiros, a Prefeitura de Florianópolis fez nova ação no local após encontrar problemas nas redes de esgoto.

Limpeza em Coqueiros tem previsão para ser finalizada nesta quinta-feira (27) – Foto: Prefeitura Municipal de Florianópolis/Reprodução/NDLimpeza em Coqueiros tem previsão para ser finalizada nesta quinta-feira (27) – Foto: Prefeitura Municipal de Florianópolis/Reprodução/ND

Segundo a administração municipal, a Casan deveria ter realizado a limpeza até está quarta-feira (26). Porém, durante a fiscalização ainda foi constatada a presença de esgoto na rede.

A companhia informou que o esgoto vai continuar vazando. “Há ligações clandestinas e a única solução para isso é lacrar elas. Isso quem faz é a Floram e a Vigilância Sanitária”, informou a assessoria da Casan.

A operação é feita através Secretaria Municipal de Infraestrutura, do Meio Ambiente e da Floram (Fundação Municipal do Meio Ambiente de Florianópolis).

Na sexta-feira (21), o rompimento de rede de esgoto na rua Estilac Leal, em Coqueiros, rendeu à Casan uma multa contratual no valor de
R$ 5 milhões.

A Prefeitura de Florianópolis informou ainda que a limpeza feita foi para retirar o esgoto que estava acumulado, e que foi identificado e confirmado pela Casan, que parte era oriunda da própria rede da concessionária.

“O município está finalizando a limpeza na galeria pluvial com a desobstrução completa do local, uma vez que foi terminado o prazo de limpeza dado à Companhia para a realização da mesma, e através desse trabalho será mais fácil identificar se ainda existe esgoto na galeria pluvial”, informou a prefeitura.

As ligações domiciliares também estão sendo alvo de investigação do programa Se Liga Na Rede, coordenado pela administração municipal da Capital, com participação da Casan.

“Em todo o Bairro de Coqueiros, já realizamos 1.406 Inspeções. Desse total, 77 ligações no bairro estavam com ligações na drenagem pluvial, o que é irregular. Isso representa 5,5 % das casas inspecionadas de Coqueiros com lançamento na rede pluvial. Das 77 Ligações, 43 se regularizaram durante o prazo do Programa e outras 33 foram autuadas pela Vigilância Sanitária, com obrigação de regularização sob pena de Multa”, detalhou a prefeitura.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Meio Ambiente

Loading...