Veja como fica o rodízio no abastecimento de água em Chapecó

Ao todo 35 bairros terão pausa de 24 horas no fornecimento de água; o rodízio ocorre desde o dia 1º de novembro em decorrência da estiagem

O abastecimento de água em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, mudará a partir desta terça-feira (24). A decisão foi informada pela Casan (Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) após avaliação com o objetivo de distribuir a água da melhor forma possível.

Nível de água do Lajeado São José, principal manancial da cidade, está abaixo do necessário. Foto: Willian Ricardo/NDNível de água do Lajeado São José, principal manancial da cidade, está abaixo do necessário. Foto: Willian Ricardo/ND

De acordo com informações da Companhia, os grupos de bairros continuam os mesmos, com alteração na data de interrupção no fornecimento de água. Na próxima semana o cronograma será reavaliado.

Os bairros do Grupo 1 terão pausa no abastecimento de 24 horas das 12h do dia 25 de novembro (quarta-feira) até às 12h do dia 26 (quinta-feira) e das 12h do dia 27 até as 12h do dia 28 (sábado).

Fazem parte do Grupo 1 os bairros: Alvorada, Belvedere, Centro, Cristo Rei, Dom Pascoal, Efapi, (Jardim do Lago, Alta Floresta, Universidade, Loteamento Tiago e Mirante do Sul), Eldorado, Engenho Braum, Esplanada, Jardim América (parte baixa), Jardim Europa, Jardim Itália, Lajeado, Palmital, Passo dos Fortes, Quedas do Palmital, Saic, Santa Maria, Santa Paulina, Santo Antônio, Santos Dumont, Seminário e Universitário.

No Grupo 2 o abastecimento será interrompido no dia 24 às 12h até às 12h do dia 25 e das 12h do dia 26 até às 12h do dia 27. Fazem parte do Grupo 2 os bairros: Araras, Autódromo, Bela Vista, Desbravador, Efapi (Sereno Soprano), Jardins, Líder, Monte Belo, Parque das Palmeiras, Trevo, Vila Real e Vila Rica.

O chefe da agência, Bruno Eleotero, agradece a colaboração da população, que reduziu significativamente o consumo, e pede que continue a economia de água para que o recurso seja distribuído da melhor forma possível.

Estiagem

O abastecimento de água em Chapecó passou a ser por sistema de rodízio desde o dia 1º de novembro, devido à estiagem que afeta a região Oeste e ao alto consumo de água verificado em Chapecó.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Meio Ambiente