VÍDEO: baleia-jubarte morre após encalhar em praia de São Francisco do Sul

Ela chegou a receber atendimento da equipe do PMP-BS/Univille, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã desta sexta-feira (11)

Uma baleia-jubarte morreu após encalhar em São Francisco do Sul, no Litoral Norte do Estado. Ela chegou a ser atendida com vida, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu na manhã desta sexta-feira (11).

Baleia morreu na manhã desta sexta-feira (11) na Praia Grande – Foto: Jean DiasBaleia morreu na manhã desta sexta-feira (11) na Praia Grande – Foto: Jean Dias

Segundo o PMP-BS/Univille (Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos), a equipe foi acionada ainda na noite desta quinta-feira (10) para um encalhe de um animal, próximo a arrebentação da Praia Grande.

Ao chegar no local, eles constaram que se tratava de uma baleia-jubarte e iniciaram os procedimentos de desencalhe, de acordo com as orientação do Plano Nacional para Atendimento a Encalhe de Grandes Cetáceos.

O animal foi encontrado caquético, ainda com vida, mas com baixa frequência cardíaca e respiratória. Além disso, ele estava debilitado devido a grande quantidade de piolhos de baleia, que formava manchas pelo corpo.

O PMP-BS fez o monitoramento da baleia durante toda a madrugada, porém, por volta das 6h da manhã, ela não resistiu e morreu. Ainda de acordo com a equipe técnica do projeto, ela era um indivíduo subadulto, de 12 metros de comprimento e que pesava cerca de 20 toneladas.

O grupo continua no local para a coleta dos órgãos da baleia, que serão estudados a fim de entender qual foi a causa da morte.

Terceiro caso em 2020

Segundo o PMP-BS, essa espécie de baleia não é comum em águas brasileiras, o que indica que ela poderia estar perdida. Só em 2020, outras três baleias-jubarte encalharam no Litoral Norte catarinense, no trecho monitorado pela Univille. Já em Santa Catarina, este é o sexto caso do ano.

Encalhe ocorreu na noite desta quinta-feira (10) – Foto: PMP-BS/Univille/DivulgaçãoEncalhe ocorreu na noite desta quinta-feira (10) – Foto: PMP-BS/Univille/Divulgação

Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural na Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Ele tem como objetivo avaliar possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos encontrados mortos.

O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. A Univille monitora o Trecho 05, compreendido entre Araquari a Itapoá.

Acesse e receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Meio Ambiente