VÍDEO FOFO: tamanduá-mirim é devolvido à natureza em Jaraguá do Sul

Animal passou por uma avaliação e foi solto em uma região de mata; este ano, é o primeiro da espécie resgatado e encaminhado à Fujama

Um tamanduá-mirim adulto foi capturado pelos bombeiros voluntários de Jaraguá do Sul na madrugada dessa quarta-feira (4), na calçada, nas proximidades da Prefeitura.

tamanduá-mirimO animal, também conhecido como tamanduá de colete, é comum na região e tem hábitos noturnos- Foto: Fujama/Divulgação ND

O animal, também conhecido como tamanduá de colete é comum na região, o que não é comum, é ser visto pelas pessoas, isso em função de possuir hábitos noturnos, ou seja, se desloca para caçar ou reproduzir à noite.

Este ano, é o primeiro da espécie resgatado e encaminhado à Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama), e o sexto desde 2017.

De acordo com o biólogo da prefeitura, Christian Raboch, ele passou por uma avaliação, não estava machucado, mas corria o risco de ser atropelado, por isso a necessidade da captura para posterior soltura em uma área adequada.

Veja o momento fofo da soltura:

Feliz e saudável, de volta ao seu habitat natural – Foto: Fujama/Divulgação NDFeliz e saudável, de volta ao seu habitat natural – Foto: Fujama/Divulgação ND

“É um animal que gosta de ficar na floresta, longe de residências, não está tão habituado como outros animais silvestres à presença do ser humano”, ressalta.

O tamanduá-mirim é inofensivo, mas o biólogo não aconselha o contato ou manuseio por pessoas que não tenham conhecimento técnico sobre a espécie, isso para evitar possíveis acidentes.

“Se ele se sentir acuado, ele pode usar as garras para se defender. Tanto para as pessoas quanto para os animais domésticos, como cães e gatos, pode ser perigoso”, alerta.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Meio Ambiente