VÍDEO: Moradores gravam destruição do avanço do mar no Sul da Ilha de SC

Na noite desta quarta-feira (27), parte do deck de uma casa cedeu na praia do Campeche; a Defesa Civil da Capital está monitorando o local

A leitora Cristina Amorim, moradora do Campeche, que fica na região Sul da Ilha de Santa Catarina, compartilhou alguns registros da condição do mar na noite desta quarta-feira (27).

Deck cedeu com a forte ressaca – Foto: George Moreira Bedin /Divulgação/NDDeck cedeu com a forte ressaca – Foto: George Moreira Bedin /Divulgação/ND

Segundo Cristina, devido a forte ressaca do mar, uma casa havia caído na região ainda na noite do domingo, e nesta quarta, o deck de outra cedeu, como é possível ver nas imagens.

A moradora contou ainda que outras três casas estão com risco iminente.

Defesa Civil monitora o local

De acordo com o gerente de operações e assistência da Defesa Civil de Florianópolis, Alexandre João Vieira, a região está sendo monitorada pelo órgão.

Vieira disse que esteve no local na tarde desta quarta-feira e que parte de duas edículas haviam sido levadas pelo mar, ambas já estavam interditadas. Outras duas residências também foram interditadas. Na manhã desta quinta-feira (28), a equipe deve voltar ao local.

Defesa Civil da Capital interditou casas na região – Foto: Defesa Civil Florianópolis/Divulgação/NDDefesa Civil da Capital interditou casas na região – Foto: Defesa Civil Florianópolis/Divulgação/ND

Alerta de mar agitado

Na terça-feira (26) a Defesa Civil havia emitido um alerta de mar agitado com risco de ressaca em Florianópolis, para a terça e quarta-feira (27). A informação era de registro de ventos de 50 a 60 km/h e ondas de dois a três metros de altura.

15 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.
  • pedogo
    pedogo
    Os caras fazem as casas quase na orla da praia e depois vem uma ressaca e causa danos e eles ficam com mimimi. Para meu, vão se catar, querem tomar conta de tudo. Aqui em Itajaí, a terra das enchentes, a gente não pode mais pegar marisco na praia, porque tem gente que vive disso lá na Penha, como coisa que eu vou daqui lá comprar de cativeiro, o gosto nem é o mesmo. Por que estou falando isso? É porque o mar agora tem dono, é os metidos a riquinho, que agora com o covid, vão ficar pobre.
  • pedogo
    pedogo
    Os caras fazem as casas quase na orla da praia e depois vem uma ressaca e causa danos e eles ficam com mimimi. Para meu, vão se catar, querem tomar conta de tudo. Aqui em Itajaí, a terra das enchentes, a gente não pode mais pegar marisco na praia, porque tem gente que vive disso lá na Penha, como coisa que eu vou daqui lá comprar de cativeiro, o gosto nem é o mesmo. Por que estou falando isso? É porque o mar agora tem dono, é os metidos a riquinho, que agora com o covid, vão ficar pobre.
  • Fernanda Medeiros
    Fernanda Medeiros
    Isso que dá não preservar a restinga. Constroem casas na beira da praia, em cima da restinga. Deveria era levar uma multa junto e ter o resto do hostel demolido.

+ Meio Ambiente