VÍDEO: Três homens são presos por pesca ilegal de camarão em Florianópolis

Polícia Militar Ambiental apreendeu 12 quilos da espécie em embarcação que praticava crime ambiental na região da baía Sul, na noite desta sexta-feira (22)

Três homens foram presos em flagrante por prática de pesca ilegal (prática de arrasto motorizado) próximo à Ilha do Largo, na região da baía Sul de Florianópolis.

Na ação da Polícia Militar Ambiental da capital, que ocorreu por volta das 23 horas desta sexta-feira (22), também foram apreendidos cerca de 12 quilos de camarão.

Barco apreendido foi levado para o 1º Batalhão da Polícia Ambiental de Florianópolis – Foto: PM Ambiental de Florianópolis/DivulgaçãoBarco apreendido foi levado para o 1º Batalhão da Polícia Ambiental de Florianópolis – Foto: PM Ambiental de Florianópolis/Divulgação

Os policiais chegaram de lancha até o local após uma denúncia de que duas embarcações praticavam a modalidade chamada de “arrasto motorizado”, forma que é permitida em mar aberto.

Pescadores realizaram manobras perigosas

No momento em que foram abordados, os pescadores cortaram as redes e aceleraram para tentar fugir da polícia. Na fuga, segundo relatos da PM Ambiental, os barcos realizaram “manobras perigosas” – o que levou a polícia a realizar disparos para conter a ação.

Foram cerca de dez minutos de perseguição na baía, até que a guarnição conseguiu abordar uma das embarcações e prender três homens. Cerca de 12 kg de camarão foram apreendidos.

Veja o vídeo de parte da fuga:

De acordo com a PM, os tripulantes do barco de pesca possuem diversas passagens policiais – incluindo assalto a mão armada, homicídio e tráfico de drogas.

Eles foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia Federal, por configurar crime de maior potencial ofensivo. O trio também sofreu dez autos de infração, além da apreensão da embarcação.

Local da pesca é de procriação

A pesca de arrasto motorizado é proibida na região próxima à ilha do Largo, na baía Sul de Florianópolis, por ser um local de procriação de camarão.

“O arrasto com tração motora é uma prática muito lesiva e agressiva ao meio-ambiente, ainda mais falando em pesca com tração motora dentro de baías e estuários, que são locais de procriação do camarão”, afirma o cabo Roberto Salles, do 3º Pelotão da 1ª Cia e 1º Batalhão de PM Ambiental da capital.

O policial também ressalta que a região tem fiscalizações constantes. “Essa é uma fiscalização quase que rotineira da Polícia Militar Ambiental. Recebemos muitas denúncias dessa natureza. Os pescadores sabem que essa é uma prática ilegal, tanto que fugiram”, continuou.

Denúncias podem ser feitas de forma anônima pelo telefone (48) 3665-4906.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Meio Ambiente