Vulcão em erupção nas Ilhas Canárias: pode gerar tsunami e atingir SC?

Vulcão Cumbre Vieja tem a primeira erupção do vulcão desde 1971; pesquisadores de SC avaliam possibilidade de tsunami se formar e chegar ao Brasil

Após dias de intensa atividade sísmica nas Ilhas Canárias, o vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção neste domingo (19). O assunto logo se tornou um dos mais comentados na internet, levando o nome do vulcão aos Trending Topics do Twitter. Como consequência, voltou a surgir a pergunta: esta erupção pode gerar um tsunami e atingir a costa brasileria? Oceanógrafos dizem que as chances são remotas.

Vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção neste domingo (19) – Foto: Reprodução/InternetVulcão Cumbre Vieja entrou em erupção neste domingo (19) – Foto: Reprodução/Internet

Fumaça, cinzas e lava foram expelidas por volta das 16h30 (12h30 em Brasília), nesta que é a primeira erupção do vulcão desde 1971.

Consultado durante a semana, quando a erupção ainda era uma possibilidade, o professor de Oceanografia Física da Univali (Universidade do Vale do Itajaí), Mauro Andrade, “mesmo que o vulcão entre em erupção, não significa que causaria um tsunami”.

Um fenômeno como esse poderia ser ocasionado por erupção vulcânica em uma ilha, tanto que as atividades do vulcão são estudadas há muitos anos. Mas o oceanógrafo explica que a magnitude teria que ser bastante alta.

Vista área do Vulcão Cumbre Vieja, em maio de 2008 – Foto: NASA Astronaut/DivulgaçãoVista área do Vulcão Cumbre Vieja, em maio de 2008 – Foto: NASA Astronaut/Divulgação

Voltando às Ilhas Canárias, autoridades tentam organizar a retirada de cerca de 1 mil pessoas enquanto a lava avança em direção a casas isoladas nas montanhas.

Um rio de lava deslizou em direção a algumas casas na vila de El Paso, onde o prefeito, Sergio Rodriguez, disse que 300 pessoas em perigo imediato foram retiradas de suas casas e enviadas para o campo de futebol. Estradas foram fechadas devido à erupção e as autoridades incitaram os curiosos a não se aproximarem da área.

Autoridades espanholas alertaram sobre a possibilidade de erupção do Cumbre Vieja durante a semana, quando foi registrado um aumento da atividade sísmica na ilha de La Palma. No sábado, 18, o Instituto de Vulcanologia das Ilhas Canárias identificou vários tremores de terra de baixa intensidade – o maior deles alcançou o nível 4 na escala Richter.

Interesse brasileiro após postagens enganosas

O interesse do público brasileiro pelo vulcão espanhol cresceu durante a semana, após postagens enganosas sobre o Cumbre Vieja alertarem sobre um possível tsunami na Costa brasileira em caso de erupção.

Nas redes sociais, as menções ao tema geraram mais de 420 mil interações no Facebook entre quinta e sexta-feira, de acordo com a ferramenta CrowdTangle.

Alguns dos posts analisados pelo Estadão Verifica citavam a possibilidade de que ondas gigantescas atingissem cidades litorâneas no Nordeste, Sudeste e Sul do País. As publicações não mencionavam quão pequena é a chance de um tsunami no Brasil.

João Thadeu Menezes, também professor de Oceanografia da Univali, afirma que os riscos são mínimos. “A chance é remota porque nossa costa está em uma placa tectônica passiva. Pode acontecer uma erupção do vulcão?  Pode. Pode escorregar a parede do vulcão e provocar um tsunami? Pode. O quão provável é questão de estatística”, diz.

Oceanógrafo explicou que chances de tsunami atingir Florianópolis “são baixíssimas” – Foto: Reprodução/NDTV RecordTVOceanógrafo explicou que chances de tsunami atingir Florianópolis “são baixíssimas” – Foto: Reprodução/NDTV RecordTV

La Palma, com uma população de 85 mil habitantes, é uma das oito ilhas do arquipélago das Ilhas Canárias na costa oeste da África. No ponto mais próximo da África continental, eles estão a 100 quilômetros do Marrocos. A última erupção no arquipélago espanhol foi registrada em 2011, debaixo d’água, na ilha de El Hierro.

+

Meio Ambiente

Loading...