Cyborg ironiza desejo de técnico de Ronda: ‘Podemos lutar no WWE’

Brasileira não gostou de declarações de Edmond Tarverdyan, que garantiu vitória de Rousey sobre ela, caso sua pupila volte ao UFC

Cris Cyborg é a atual campeã peso pena do Ultimate Alexandre Loureiro/UFC
Cris Cyborg é a atual campeã peso pena do Ultimate Alexandre Loureiro/UFC

Recém-coroada campeã peso pena do UFC, Cris Cyborg reagiu com ironia às declarações de Edmond Tarverdyan, técnico de Ronda Rousey, sua rival. O armênio declarou que gostaria de ver sua pupila enfrentando a brasileira e garantiu a vitória da americana, pois Cris seria “muito lenta para ela”.

Através de suas redes sociais, Cyborg reagiu com bom humor, garantindo que não tem interesse em enfrentar Ronda no UFC, mas abrindo as portas para um duelo entre as duas no WWE, o telecatch americano.

“Se Ronda quiser voltar para uma briga, acredito que é melhor para ela lutar contra Miesha Tate. Estou em outro estágio da minha carreira. Eu queria lutar contra Ronda quando ela estava psicologicamente bem e confiante e no topo, quando diziam que ela era invencível e que superaria até Floyd Mayweather. Agora, se ela quer fazer uma boa luta pelos fãs, podemos fazer isso na WWE. Caberia perfeitamente para ela ir a Hollywood, e para mim seria outro desafio na minha carreira. É algo brilhante, seu treinador encaixaria perfeitamente em seu canto na WWE, ele não é mais do que uma piada”, disparou a brasileira, que recentemente expressou interesse em fazer a primeira defesa do seu cinturão pena contra Holly Holm, a primeira mulher a derrotar Ronda Rousey.

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

MMA (Artes Marciais Mistas)

Loading...