Modelo é encontrada em favela do Rio após um ano desaparecida

Eloisa Pinto Fontes, de 26 anos, foi levada por moradores do Cantagalo a uma base da operação Ipanema Presente; jovem aparentava estar desorientada

Uma modelo internacional com sinais de desorientação foi encontrada na última quarta-feira (8) por moradores do Cantagalo, em Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro. A alagoana Eloisa Pinto Fontes, de 26 anos, estava há um ano desaparecida, sem qualquer contato com famílias ou amigos.

Eloisa apresentava sinais de desorientação – Foto: Reprodução/Record TV RioEloisa apresentava sinais de desorientação – Foto: Reprodução/Record TV Rio

A jovem estava no interior do Cantagalo e foi levada por moradores da região até a base da operação Ipanema Presente, na praça General Osório. De lá, foi transferida para o Instituto Municipal Philippe Pinel, na Urca, também na zona sul, onde passou por avaliação médica e cuidados mentais.

O serviço social do Ipanema Presente conseguiu localizar a mãe de Eloisa e amigos da modelo que moram no Rio a partir de breves informações que a jovem conseguiu dar.

“Ela se encontra muito desorientada. Algumas informações foram necessárias e ela conseguiu prestar essas informações. […] Uma jovem que fez sucesso nas passarelas em Nova Iorque, nos Estados Unidos, mas desapareceu em virtude de um distúrbio, que todos nós estamos sujeitos a isso”, disse o subsecretário de Ações do Segurança Presente, Antônio Carlos dos Santos.

A Polícia Militar, responsável pelo Segurança Presente, não informou o local de desaparecimento de Eloisa.

+

Moda