Catarinense Mariza Loch é destaque na arte do Muay Thai

Atleta de Florianópolis é atual vice-campeã mundial

Alexandro Albornoz/ND

Mariza Loch treina com Marcio Malko

No Norte da Ilha, quem faz a feira da semana no Rio Vermelho não imagina que na quitanda do Seu Alberto trabalha a vice-campeã mundial de Muay Thai. Todos os dias, a partir das 18h, Mariza Loch troca os legumes e verduras pelas luvas de boxe e pelos aparadores de chute e dá início aos treinos que se estendem noite adentro. Atual campeã brasileira da categoria até 71 kg, o que lhe garantiu a vaga no Mundial, ficou com a medalha de prata na competição disputada no final do ano passado em Bangkok, na Tailândia.

Quando decidiu praticar o Muay Thai há cinco anos, Nina como é conhecida a filha do meio do casal Loch, encontrou certa resistência por parte da mãe, que não queria ver a única filha mulher metida no meio de um ringue. Já os dois irmãos e principalmente o pai, apoiaram desde o início a iniciativa da atleta. Seu Alberto chegou até mesmo a interceder junto à Câmara de vereadores para pedir patrocínio à Fundação Municipal de Esportes para filha, que acabou bancando a passagem de Nina para a Tailândia. “Se não fosse pelo meu pai, eu não teria conseguido viajar. Além de correr atrás de apoio, foi ele quem mais se mobilizou na venda de rifas que fizemos para pagar os custos da viagem”, diz a lutadora, que nasceu em Águas Mornas, na Grande Florianópolis, mas se considera uma manezinha da Ilha.

Integrante da equipe Thai Brasil do treinador Marcio Malko, Nina já acumula uma série de conquistas desde que começou a participar das competições. Ela compete já há 3 anos. Além do título brasileiro e do vice-campeonato mundial, a atleta foi vencedora dos torneios Vip Stage, Brave FC, Blackout Segunda Edição e do Thai Girls, campeonato exclusivo do feminino. Para ela, uma competição como essa é importante para mostrar a força da modalidade no Muay Thai. “Treinamos igual homens, competimos do mesmo modo que eles. É legal ter esse tipo de campeonato para reconhecer o nosso trabalho”, afirma a atleta que já iniciou a preparação para o brasileiro que começa no dia 30 de abril e que assegura vaga para o mundial do Uzbesquistão em setembro.

Caçador de talentos

Diretor técnico da Thai Brasil em Florianópolis, o treinador Marcio Malko saiu de Curitiba com a ideia de garimpar novos talentos no Norte da Ilha. Filiado à Confederação Brasileira de Muay Thai Tradicional, a equipe conquistou três vagas para o mundial da Tailândia, mas só Nina conseguiu o dinheiro necessário para arcar com os custos da viagem. “Vim pra cá com intuito de formar campeões e por enquanto esse objetivo vem se realizando. Pena que ainda é muito difícil conseguir apoio das autoridades competentes”, afirma o professor que pratica a arte marcial desde os 14 anos.

Ex-colega de academia do campeão do UFC, Anderson Silva, Márcio teve que abandonar as competições de alto nível por conta de uma contusão, mas nunca deixou de lado o esporte. “Já que eu não podia mais competir para ser o melhor, resolvi apostar na formação dos melhores”, diz o treinador que acredita que qualquer um pode ser competitivo.

Para ele, as pessoas têm uma ideia errada sobre a arte marcial e por isso muitos não duram nem um dia na academia. “As pessoas pensam que no Muay Thai é só chegar batendo. E não é bem isso. É preciso dedicação e envolve todo um trabalho físico, técnico e psicológico por trás”, afirma o treinador.

Assim que viu a disciplina de Nina na academia, quando a atleta ainda só fazia musculação para ganhar condicionamento, percebeu que ela podia ir longe no esporte. “Eu sempre acreditei na Nina, acredito nela mais que ela mesma”. Parece que Marcio não estava errado.

Ficha Técnica

Nome: Mariza Loch, mais conhecida como Nina

Equipe – Thai Brasil

Idade – 27 anos

Categoria – de 67 até 71 kg

Principais conquistas:
Blackout 2ª edição 2008
Vip Stage – 2009
Brave FC – 2009
Thai Girls – 2010
Campeonato brasileiro – 2010
Vice-campeonato Mundial – 2010

Participe do grupo e receba as principais notícias
do esporte de Santa Catarina e do Brasil na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...