Ana Paula da Silva, de Joinville, ganha prêmio de melhor cantora regional

A catarinense tem 20 anos de carreira, diversos prêmios no currículo e começa a atingir reconhecimento nacional

Ana Paula da Silva venceu na categoria de cantora regional no 28o Prêmio da Música Brasileira, com o álbum
Ana Paula da Silva venceu na categoria de cantora regional no 28o Prêmio da Música Brasileira, com o álbum “Raiz Forte” – Divulgação/ND

A cantora joinvilense Ana Paula da Silva acaba de atingir patamar nacional depois de 20 anos de carreira. A catarinense ganhou na última quarta-feira (19) a categoria Regional de Melhor Cantora do 28ª Prêmio da Música Brasileira. Ela concorreu com Socorro Lira (Paraíba) e Dona Onete (Pará).

O evento aconteceu no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, teve na apresentação a atriz Maitê Proença e a cantora Zélia Duncan, e homenagem a Ney Matogrosso com a presença no palco de Chico Buarque.

Ao todo, foram 35 categorias. Muitos dos premiados também cantaram músicas de Ney, como Lenine (melhor cantor e álbum de MPB), com uma versão de “Bicho de Sete Cabeças”, e Ivete Sangalo (eleita melhor cantora na categoria canção popular), com uma releitura contida de “Sangue Latino”. 

Com tanto troféu em disputa, teve prêmio para cantores como Odair José (cantor popular), Zezé di Camargo e Luciano (dupla), Alceu Valença (regional) e Zeca Pagodinho (samba).

Conheça a cantora >>

A cantora Ana Paula é compositora, intérprete  e produtora de sua obra e de outros projetos culturais. Ela já lançou e produziu seis álbuns, um songbook e realizou shows e turnês no Brasil e exterior. No momento está em turnê pelo Circuito Sesc com o CD “Raiz forte”, onde passará por 24 cidades catarinenses. Em seguida, ela começa a divulgar o DVD “O Canto da Cigarra”, gravado no Teatro Juarez Machado, em Joiville, comemorativo às duas décadas na música.

No currículo, Ana Paula têm prêmios como Caixa Cultural, Prêmio Pixinguinha, Prêmio Destaque Cultural do Ano como a artista catarinense que mais fez shows fora do Brasil (2013), no Prêmio da Música Catarinense venceu na categoria Melhor Cantora (2015). Em Brasília foi finalista como melhor intérprete no Prêmio Profissionais da Música em 2014. 

Em 2014 e 2015, ganhou o Prêmio Circuito SESI, teve dois de seus álbuns pré-selecionados para o prêmio da música brasileira. Em março de 2016 ganhou o prêmio de Melhor Intérprete no Festival Nacional de MPB de São José do Rio Preto/SP. Em outubro venceu o FAM, Festival de música de Ribeirão Preto com a sua música “Raiz Forte”. Seu álbum “Raiz Forte” foi indicado ao Prêmio da Música Catarinense.

Em janeiro de 2017 “Raiz Forte” foi considerado um dos 10 melhores álbuns lançados em 2016 pelo crítico musical Juarez Fonseca e está na lista dos 100 Melhores Álbuns Lançados no Brasil. Ana Paula foi também finalista no Prêmio Profissionais da Música em Brasília como Cantora e Autora/Compositora. 

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Música

Loading...