Cantor Fábio Jr. apresenta em Biguaçu show com seus maiores sucessos na sexta (20)

Em entrevista ao Notícias do Dia, cantor fala sobre carreira, vida pessoal e a maturidade

Tuca Vieira / Folhapress / Divulgação ND

Eterno Galã – Perto dos 60, cantor não descarta novo casamento

Se quiser deixar Fábio Jr. irritado, pergunte a ele sobre o ensaio fotográfico sensual de sua filha Cléo Pires para uma revista masculina. Namorador assumido – foram seis casamentos – o cantor parece desde sempre entender a alma feminina. Com quase 60 anos de idade, Fábio Jr. mantém a aura de galã e não se admiraria se encontrasse um novo amor.

Cantor e compositor exímio de megassucessos como “Pai”, “Vinte e Poucos Anos” e “Enrosca”, ele apresenta sexta (20) em Biguaçu o show de seu novo álbum, “Fábio Jr. Íntimo”, em evento que comemora os dez anos do Centro de Eventos Petry. O repertório do show intercala seus maiores sucessos, mostrando parte de sua intimidade musical, além de interpretações de outros músicos, como Caetano, Djavan e Lenine.

Filho de um taxista e de uma dona de casa, Fábio Corrêa Ayrosa Galvão nasceu em São Paulo em 21 de novembro de 1953. O homem que aos 12 anos começou na televisão como cantor mirim hoje se orgulha de ter atingido a marca de mais de 10 milhões de discos falou ao Notícias do Dia sobre sua carreira, vida pessoal e a maturidade.

Notícias do Dia – Para o show na Grande Florianópolis você apresenta o álbum “Fábio Jr. Íntimo”. O que o espetáculo revela da sua intimidade e personalidade?
Fábio Jr. – Uma “intimidade” mesmo, é isso que quero passar para o público, quero que a moçada se sinta como estivesse na sala de casa.

ND – Você acha que a música romântica continua tendo o mesmo espaço que tinha há 20, 30 anos atrás? Ou falar de amor caiu em desuso?
Fábio Jr. – De jeito nenhum, falar de amor, cantar o amor, nunca vai cair no esquecimento.

ND – Quais músicos e tendências musicais o inspiraram e influenciaram ao longo da carreira?
Fábio Jr. – Nossa! Tive muitas influencias, mas Renato Teixeira foi um grande influenciador. Sou fã dele.

ND – O que tem escutado ultimamente?
Fábio Jr. – Escuto um pouco de tudo, mas tenho escutado bastante John Mayer, que foi o Filipe (Fiuk) que me apresentou, o cara manda muito.

ND – Você está com quase 60 anos e mantém viva a aura de galã. Depois de seis casamentos, ainda pensa em casar-se novamente?
Fábio Jr. – Porque não? (rs)

ND – Diante de algumas polêmicas que eventualmente surgiram a teu respeito, seja relacionado a mulheres ou algum vício, o que tem a dizer? Tem algo do qual se arrepende ou faria de novo?
Fábio Jr. Não me arrependo de nada, nunca. E quanto aos boatos… Boatos são boatos.

Serviço

O quê: Show de Fábio Jr.
Quando: 20/4, 20h
Onde: Centro de Eventos Petry, rod. BR-101, Km 193, Biguaçu, tel. 3243-2632
Quanto: R$ 70 (área VIP)/ R$ 40 (pista)

Acesse e receba notícias de Biguaçu e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Música