Ex-vocalista do Calcinha Preta é assassinado e banda lamenta: ‘nos deixou precocemente’

Conhecido como Sidney Chuchu, vocalista assassinado fez parte da primeira formação da banda Calcinha Preta

O cantor José Aparecido da Silva, de 57 anos, foi encontrado morto na noite desta quinta-feira (4). O corpo estava dentro da casa do cantor, localizada no município de Nossa Senhora do Socorro, em Sergipe. O local fica na região metropolitana de Sergipe. Conhecido como Sidney Chuchu, ele foi o primeiro vocalista da banda Calcinha Preta, entre 1995 e 1998.

Sidney Chuchu foi o primeiro vocalista da banda Calcinha Preta. Ele foi assassinado nesta quinta-feiraVocalista foi encontrado morto dentro de casa. Polícia Civil investiga o crime – Foto: Reprodução/ND

Conforme o portal UOL o caso é investigado como homicídio. Quando os policiais chegaram ao local Sidney já estava sem vida. Ele morava na casa há dois anos. A Polícia Civil apura as circunstâncias do assassinato e quem tiver informações deve encaminhá-las ao Disque-Denúncia (181).

De acordo com o portal A Tarde, moradores que vivem próximo ao local do crime relataram gritos vindo da casa do músico. Nos últimos tempos o artista se apresentava em bares de Aracaju e municípios vizinhos.

Luto

Sidney foi o primeiro vocalista do Calcinha Preta, emplacando sucessos como o hit “Onde o Sonho Mora”. Ele cantava ao lado de Luciana Linhares.

“A família Calcinha Preta deseja seus sinceros sentimentos aos familiares, amigos e fãs do saudoso Sidney Chuchu”, escreveu a banda nas redes sociais.

“Descanse em paz Sidney Chuchu, infelizmente, você nos deixou precocemente, e vai deixar muita saudade, mas, estará para sempre na história da Banda Calcinha Preta e em nossos corações”, concluiu a nota.

+

Música

Loading...