Marilyn Manson tinha “quartinho do estupro” em casa, diz cantora

Esta semana, Manson foi acusado de abuso por várias mulheres. O artista negou as alegações e disse que as relações foram consensuais

Em meio à polêmica envolvendo Marilyn Manson, a cantora Phoebe Bridgers falou sobre sua própria experiência com o artista. Por meio do Twitter, Bridgers revelou que, quando adolescente, fez uma visita à casa de Manson, acompanhada de amigos, mas depois daquele dia deixou de tê-lo como ídolo.

Marilyn Manson é acusado de estuproMarilyn Manson é acusado de estupro – Foto: Divulgação/ND

“Eu era uma grande fã, mas ele se referiu a um quarto na sua casa como o ‘quartinho do estupro’. Pensei que fosse só um senso de humor horrível, como os de garotos universitários, e parei de admirá-lo. Apoio todo mundo que o denunciou”, escreveu.

As postagens da cantora foram feitas poucas horas depois que policiais invadiram a casa do astro do rock em Hollywood, na noite de quarta-feira (3/2).

As autoridades estiveram no local para verificar se estava tudo bem, após receberem um chamado de um amigo de Manson que estava preocupado, pois não conseguiu entrar em contato com o artista.

De acordo com o TMZ, a polícia conseguiu contato com um representante do cantor, que afirmou que estava tudo bem e que o artista simplesmente não queria sair.

Entenda o caso

Recentemente, Manson foi acusado de assédio e estupro por pelo menos 11 mulheres. Uma delas é Evan Rachel Wood, que disse que ele a “abusou horrivelmente” por anos.

A atriz, da série Westworld, teve um relacionamento com Marilyn Manson e chegaram a ficar noivos em 2010, mas se separarem meses depois.

Manson chamou todas as acusações de “distorções da realidade” e disse que as relações foram consensuais. No entanto, desde que surgiram as denúncias, ele foi retirado de sua gravadora e agência de talentos.

+

Música