Grupo RIC e IVG buscam parceria para incentivar projetos educacionais

Atualizado

O Grupo RIC deve firmar uma parceria com um dos mais importantes institutos de apoio à comunidades de Florianópolis, o IVG (Instituto Padre Vilson Groh). O trabalho é realizado em cinco comunidades da Grande Florianópolis, com iniciativas e projetos educacionais que atende cerca de seis mil jovens entre seis e 24 anos.

O encontro no fim de tarde ensolarado desta sexta-feira (11), entre Mário J. Gonzaga Petrelli e o padre Vilson Groh serviu para debater melhor sobre a futura parceria – Foto: Flavio Tin/ND

Conforme o Padre Vilson Groh, fundador do instituto, a ideia veio através de uma conversa entre ele o presidente executivo do grupo RIC SC, Marcello Corrêa Petrelli, após a cerimônia de inauguração da praça do Monte Serrat no dia 7 de agosto deste ano.

Inclusive, a praça foi o ponto de encontro na tarde desta sexta-feira (11), para uma entrevista entre o fundador e presidente emérito do grupo RIC SC, Mario J. Gonzaga Petrelli, o diretor de conteúdo, Luis Meneghim, e o padre Vilson Groh onde conversaram com a reportagem do ND+ e da Record News sobre como a emissora pode ajudar no crescimento e fortalecimento dos projetos do instituto.

“A vontade é de colaborar com o padre Vilson no que for necessário. Divulgar, apoiar projetos e procurar trazer mais segurança e assistência ao morro e, na minha visão, integrar no movimento de segurança”, falou Mario Petrelli.

Um termo de cooperação técnica deve ser firmado entre o instituto e o grupo de comunicação. O intuito é estabelecer de que forma será prestado o apoio.

A ideia, ainda em construção, é oferecer a visibilidade da emissora para uma ampla divulgação para tratar da temática educação. Esse trabalho pode ser realizado através de espaços destinados em editoriais da empresa para alertar e lembrar a importância da educação e mostrar que a juventude é um grande potencial que necessita de oportunidades dentro da sociedade.

O trabalho de visibilidade também deve passar pela divulgação e cobertura de grandes campanhas organizadas pelo instituto com o foco na educação.

“Temos o projeto de chocotones, que é um produto do instituto que será feito para o Natal. Então, é organizar e alinhar essa campanha com o dia do doar e no dia do dar, por exemplo”, disse o padre Vilson.

Além disso, o instituto também oferece um fundo de bolsas de estudo e investimentos educacionais para crianças de 6 a 15 anos, voltados a necessidade dos jovens desenvolverem suas perspectivas de oportunidades e ajudar a inserir no mercado de trabalho.

Conforme o site do instituto, 51 jovens foram beneficiados com o projeto de bolsas de estudos e estão matriculados em universidades.

“A campanha de apadrinhar um adolescente é que mais na frente estará inserido na área de trabalho ou desenvolver suas capacidades em prol da sociedade”, comentou o padre Vilson sobre a campanha de apadrinhamento e apoio nas bolsas de estudos.

A conversa aconteceu na praça do Monte Serrat, em Florianópolis, inaugurada no dia 7 de agosto deste ano – Foto: Flavio Tin/ND

A praça do Monte Serrat será um palco importante para desenvolver o crescimento das atividades educacionais na comunidade. Ela deve se tornar um espaço cultural onde acontecerá feiras e diversas atividades realizadas pelo instituto.

“A ideia é trazer a comunidade para dentro da cidade e a cidade para dentro da comunidade. Os jovens subirem o morro para participar de projetos aqui na comunidade e os jovens da comunidade descerem para trabalhar na cidade”, explicou o padre Vilson.

Como mencionado durante a conversa, uma forma de beneficiar as milhares de pessoas que moram nessas comunidades seria exatamente oferecer mais serviços educacionais e de desenvolvimento pessoal.

“A minha vontade, é daqui 10 anos, sentar novamente neste banco com o Petrelli e perceber que os jovens não precisam mais entrar para o tráfico porque têm oportunidades e expectativas que surgiram dentro da comunidade”, disse o padre Vilson.

Alguns encontros ainda irão acontecer entre representantes do grupo e do instituto para alinhar as melhores formas de beneficiar a comunidade através dos projetos e da visibilidade que a emissora pode oferecer. A união deixa uma expectativa de dias cada vez melhores para a comunidade através dos projetos e melhoramento da segurança no local.

Geral