A economia e os médicos residentes do Hospital São José

O maior partido de oposição acabou recebendo mais uma munição para aumentar suas críticas ao prefeito Udo Döhler (PMDB). Na última sexta-feira, ele acabou concordando com a proposta da Secretaria de Saúde em economizar R$ 1,3 milhão no corte de 56 médicos residentes no Hospital Municipal São José. Até o único deputado “tucano” da região, o médico Vicente Caropreso, aproveitou a chance e divulgou nota criticando a medida. Além de apelar para que a medida seja revogada, o deputado de Jaraguá do Sul diz que a “economia coloca em risco programas como o de atendimento à AVC, considerado um dos melhores do Brasil”.

As críticas partiram também de dentro do PMDB e do próprio hospital. O presidente da Câmara de Vereadores de Joinville, Rodrigo Fachini (PMDB) se manifestou “radicalmente contra”, mesma posição de um antigo servidor do hospital. O médico residente faz um trabalho importante no atendimento aos pacientes e em muitos casos substituiu o médico na rotina do hospital.

Segundo números oficiais, o corpo clínico do Hospital Municipal São José tem 170 residentes R1. O corte de 56 deles vai atingir áreas importantes como anestesia, ortopedia, neurologia, cirurgia geral, entre outras. Permanece inalterada a situação dos residentes R2 e R3, que são considerados “indispensáveis”.

Alvará sanitário
Nenhuma sede das unidades básicas da saúde tinha alvará sanitário em janeiro de 2013. Na semana passada, o prefeito Udo Döhler e a secretária Francieli Cristini Schultz (Saúde) entregaram o alvará da UBS do Caic Vila Paranaense. Agora, são 11 unidades com alvará. Na mesma data, foram concluídas as obras de revitalização da sede, um investimento de R$ 50 mil com recursos próprios da Prefeitura.

Preço do combustível
Os dois postos da rede APA perderam a condição da gasolina mais barata em Joinville, segundo a última pesquisa do Procon, mas lideraram nos preços do etanol (R$ 2,97). O destaque desta pesquisa foi o posto Delta do bairro Bom Retiro, que está entre os quatro com a gasolina comum mais barata (R$ 3,29), mesmo preço da aditivada, o menor preço do levantamento. A pesquisa foi feita em 96 postos e revelou que é possível economizar R$ 15 (tanque de 50 litros) na gasolina comum e R$ 29 na aditivada.

Divulgação/ND

Deputado Patrício Destro fala para um plenário desinteressado

Observador
Atento, o leitor Carlos Moeller fez a seguinte observação sobre a foto do discurso do deputado Patrício Destro (PSD) publicada recentemente na coluna: “Fica bem caracterizado o total descaso do Legislativo (Estadual) com a nossa cidade, pois enquanto o deputado está na tribuna, tratando de assunto da maior relevância para Joinville, os outros seis que aparecem na imagem não estão nem aí para quem está falando. Os poucos presentes devem estar no telefone ou batendo papo.” Não aparece nenhum deputado de Joinville.

Indenização
O Tribunal de Justiça de Santa Catarina negou pedido de indenização moral feito por um morador de São Francisco do Sul que, em setembro de 2009, teria deixado às pressas sua residência por causa de trágico incêndio em um depósito na cidade. O fator decisivo foi a falta de comprovante de residência nos autos. Em seu lugar, o cidadão apresentou uma declaração de próprio punho.

Divulgação/ND

Padre Renato dos Santos concelebrou com o Papa Francisco a missa da Casa Santa Marta

De Guarapuava para o Vaticano
Padre Renato dos Santos, que é “Cidadão Honorário de Joinville”, participou da celebração de uma missa com o Papa Francisco na última quinta-feira. Desde 6 de janeiro, ele está trabalhando no Vaticano, onde assumiu a direção da Tipografia Vaticano, responsável pela produção jornal “L’Observatore Romano” e de documentos oficiais do Papa e do Vaticano.

Trabalho comunitário
Padre Renato deixou muitos amigos em Joinville em razão de seu trabalho comunitário e na Paróquia Santo Antônio. Quando já tinha deixado a cidade, recebeu o título de Cidadão Honorário de Joinville pela Câmara de Vereadores. Foi um dos responsáveis pelo grande trabalho no Centro Educacional Dom Bosco, que prepara jovens para o primeiro emprego e estagiários para empresas.

Parceria
Em sua página no Facebook, Adriana (Drica) Fermiano, gerente operacional da RICTV Joinville, publicou foto ao lado de Cristian Viecelli, gerente comercial do Grupo RIC em Joinville, e Sandro Aurélio, diretor da Nativa FM. Abaixo o texto avisando: em breve, parceria de sucesso.

Mural

– A repercussão nas redes sociais sobre o corte dos 56 médicos residentes no Hospital Municipal São José foi negativa.

– Os comentários na reportagem do ND foram unânimes em condená-la. Uns até utilizaram palavrões.

– O cancelamento da liberação de recursos para o Carnaval em Joinville não mereceu nenhuma crítica nas redes sociais. Foi uma forma justificada de economizar.

– Zé de Camargo & Luciano retornam ao Joinville Square Garten dia 1º e abril. A promoção é da Nativa FM.

Loading...